biblia.com.br

Deus pode fazer surgir uma vocação em nossa mente?

bíblia

11 de abril de 2012

Deus não força a nossa vontade, pois isso seria desrespeitar o livre arbítrio que Ele colocou em nós, e, consequentemente, Ele estaria violando Sua própria Lei que está fundamentada no princípio do amor.

“Deus pode fazer surgir uma vocação na mente da pessoa de uma hora para outra? Deus pode fazer surgir uma vontade tão forte que a pessoa não consegue mais viver sem seguir esta vontade?”

O dicionário online Significados[¹] define vocação da seguinte maneira: “É uma inclinação, uma tendência ou habilidade que leva o indivíduo a exercer uma determinada carreira ou profissão. Vocação é uma competência que estimula as pessoas para a prática de atividades  que estão associadas aos seus desejos de seguir determinado caminho. […] A vocação profissional é formada por um conjunto de aptidões naturais, como também interesses específicos do indivíduo que o direcionam na escolha de uma profissão. O teste vocacional é um instrumento que pode auxiliar as pessoas indecisas sobre qual carreira profissional deve seguir.”

A vocação religiosa está ligada ao chamado divino para o exercício de ofício consagrado. Sua pergunta parece estar relacionada à escolha da profissão, sobre vocação e vontade. Deus não força a nossa vontade, pois isso seria desrespeitar o livre arbítrio que Ele colocou em nós, e, consequentemente, Ele estaria violando Sua própria Lei que está fundamentada no princípio do amor.

Deus nos instrui sobre a Sua vontade e nós precisamos confiar nEle e em Sua Palavra, pois Ele sabe o que é melhor para cada um de nós. “A vontade é o poder que governa a natureza do homem, trazendo todas as outras faculdades sob sua influência. A vontade não é gosto ou inclinação, mas é o poder de decidir, que opera nos filhos dos homens para a obediência a Deus ou para a desobediência” (Orientação da Criança, p. 209).

Escolher uma profissão, no geral, é considerado como um acontecimento isolado na vida. Entretanto é uma soma de vários fatores como, experiências na infância, na adolescência e juventude ou até na idade madura. A definição da vocação é uma questão de personalidade, oportunidades de inserção no mercado de trabalho, motivação para sentir-se parte de um determinado grupo de profissionais, etc. Deus pode utilizar todos estes fatores para nos guiar na escolha da profissão.

A Bíblia menciona homens como Isaías, Davi, Jeremias, João Batista, cujas profissões foram escolhidas por Deus, para um fim específico, um ofício consagrado. Deus tem um plano para sua vida? Claro que tem. Ele estabelece um “eterno propósito”, um plano para a plenitude dos tempos de acordo com a qual ele “faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade” (Efésios 3:11; 1:10, 11). O plano de Deus é sempre aquele que nós mesmos escolheríamos como o melhor para a nossa vida se soubéssemos todos os detalhes que Deus conhece a nosso respeito e a respeito das outras pessoas. Por isso precisamos confiar nEle, em Sua direção e cuidado.

Deus pode fazer o coração arder com o desejo de seguir uma missão, ou atuar numa profissão, mas Ele respeita as escolhas que fazemos, pois nos dotou de intelecto e de capacidade de tomar decisões inteligentes. Devido à nossa condição de pecado, nossas percepções sobre Deus e sobre o que é certo foram afetadas. Precisamos sempre buscar o conhecimento dos planos divinos, que pode ser obtido através do estudo da Bíblia, por meio da qual o Espírito Santo ilumina e impressiona a nossa mente quanto aos propósitos do Senhor. Tal comunhão é essencial para nos ajudar a evitarmos escolhas que não se harmonizam com os princípios divinos.

Jesus nos deu um lindo exemplo de dependência e confiança que Ele tinha no Pai. Em várias ocasiões Ele expressou a ideia de que havia descido do Céu para fazer a vontade dAquele que O havia enviado: “Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou” (João 6:38; cf. João 4:34; João 5:30). Podemos submeter nossa vontade à revelação de Deus, à vontade divina, não como uma obrigação ou imposição, mas como uma escolha livre, resultado da confiança que depositamos nEle.

Você está no bom caminho de buscar a dependência absoluta da vontade de Deus. Ele lhe dará segurança e certeza daquilo que vai glorificar o nome dEle, como também lhe dará condições para ser um bom profissional. Não tenha medo de fazer o que você gosta, desde que isso não viole os princípios divinos. Geralmente fazemos bem feito aquilo que nos interessa. Se você escolher agradar a Deus em todas as coisas, sua vida será uma influência muito poderosa para o bem.

“Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração” (Salmos 37:4).

Equipe Biblia.com.br

_______________

[¹] Disponível significados.com.br/vocacao/ (acessado em 17/11/2016).

Como organizar uma vigília
O que a Bíblia diz sobre rejeição?