biblia.com.br

Contar tudo sobre namoros anteriores?

bíblia

11 de abril de 2012

O que será que é mais saudável para o namoro atual: contar ou não sobre relacionamentos anteriores com outras pessoas? Há alguns pontos de vista que podem ser avaliados:

Algumas pessoas não gostam de falar, mas querem saber sobre tudo do outro. Outros contam sobre os antigos relacionamentos sem que o outro nem peça para contar. Enfim, cada pessoa apresenta seu motivo de querer ou não saber ou revelar informações sobre relacionamentos passados. O que será que é mais saudável para o namoro atual: contar ou não sobre relacionamentos anteriores com outras pessoas? Há alguns pontos de vista que podem ser avaliados:

1. Esconder toda e qualquer informação acerca do seu passado e de outros relacionamentos pode trazer certa insegurança para a pessoa com quem está se relacionando, porque provavelmente pensará o que de tão ruim aconteceu para que você não queira contar e também pode inferir que você não confia nela para contar algo pessoal.

2. O casal de namorados pode conversar sobre os relacionamentos anteriores sem precisarem entrar em detalhes sobre tudo o que acontecia no relacionamento. Pode ser saudável conversarem sobre a duração dos relacionamentos e os motivos do término para que possam se conhecer melhor, mas sem fazerem um “interrogatório” sobre o assunto.

3. Saber detalhes do relacionamento pode trazer um efeito negativo para o atual namoro no sentido de surgirem competições (por exemplo, o homem sempre querer provar que é melhor do que o ex da namorada; ou a mulher querer provar que é melhor do que a ex do namorado) e ciúmes. Apesar do término do namoro ter acontecido, em todo relacionamento há bons momentos e quando se sabe sobre eles pode surgir o ciúme, a insegurança e até mesmo as acusações, em situações de discussão entre o casal, com frases famosas como “você preferia seu antigo namoro?”, “ah, então você gostaria de voltar para aquela pessoa para ter tão bons momentos com ela?”, e o próprio relacionamento acaba sofrendo com informações desnecessárias passadas.

4. As pessoas mudam. É claro que em alguns aspectos, nem todas mudam. Saber sobre condutas passadas pode ser tanto uma prevenção quanto um julgamento. Saber, por exemplo, que o seu namorado (a) teve seus relacionamentos anteriores terminados, porque ele (a) traía as namoradas (os) deve ser um ponto para se avaliar e até mesmo comparar com comportamentos atuais e com opiniões de pessoas próximas. Mas, por outro lado, ele (a) pode ter mudado. Por isso, é bastante delicado interpretar o passado das pessoas. E como saber se houve mudança ou não? Um conjunto de comportamentos vai evidenciar se você pode ter, hoje, confiança nesta pessoa ou não, e é preciso estar atento para isto.

O importante é o casal focar no namoro atual, buscando conhecer a pessoa como ela é hoje, e fortalecendo os pontos positivos que existem entre estas duas pessoas que são você e seu namorado (a). Cada relacionamento é único porque as pessoas são diferentes. Portanto, vale à pena se concentrar no que é possível neste relacionamento entre vocês e trabalhar por ele.

Equipe Biblia.com.br

O que a Bíblia diz sobre a religião?
O que preciso saber sobre o adultério (parte 2)