biblia.com.br

Quais são as características da "pedra angular"?

11 de abril de 2012

Como a pedra angular era preparada pelos edificadores para o seu uso em construções? Qual o significado dos textos bíblicos que falam sobre a pedra angular?

“Quais são as características da “pedra angular”? Como era preparada pelos edificadores para o seu uso em construções?”

“Pois as Escrituras Sagradas dizem: Eu escolhi uma pedra de muito valor, que agora ponho em Sião como a pedra principal do alicerce. Quem crer nela não ficará desiludido. Essa pedra é de muito valor para vocês, os que creem. Mas, para os que não creem, a pedra que os construtores rejeitaram veio a ser a mais importante de todas. E em outra parte as Escrituras Sagradas dizem: Esta é a pedra em que as pessoas vão tropeçar, a rocha que vai fazê-las cair. Essas pessoas tropeçaram porque não creram na mensagem, de acordo com a vontade de Deus para elas” (1 Pedro 2:6-8 NTLH).

Vamos falar um pouco de arquitetura  e construção.

Quando vamos construir uma casa o que fazemos? Achamos o terreno. Limpamos. Preparamos os alicerces para depois começarmos a construir ou levantar as paredes, não é assim? Pois bem, ao levantarmos as paredes, no canto, na união entre uma e outra parede normalmente colocamos, o que? Pilastras de concreto, não é mesmo? Essas pilastras são fortes e proveem a sustentação da casa. Estas pilastras são angulares pois situam-se num ângulo apropriado para dar sustentação, normalmente na junção entre duas paredes. As pilastras sustentam as paredes e o telhado e mantém a casa de pé.

Hoje em dia usamos pilastras para dar sustentação a um edifício. Na arquitetura antiga, quando as construções eram feitas com pedras, uma pedra muito forte era utilizada como “pedra angular”. Esta pedra era cuidadosamente selecionada na pedreira e talhada no tamanho e formato corretos para ser a “pedra angular” – a pedra que iria receber o maior peso do edifício e sustentá-lo.

Pois é, assim é Jesus, o Nosso Deus. Ele é a “pedra de sustentação” da nossa vida. Ele é quem nos mantêm de pé quando as tempestades nos assolam. Ele é quem nos dá segurança verdadeira, ouvindo nossas orações, enviando os seus anjos para nos protegerem e concedendo-nos a vida eterna.

“A principal pedra angular (Lucas 20:17); não a pedra angular de um arco, porém a pedra de esquina de uma construção onde as duas paredes se encontram. Todo o que cair sobre esta pedra (Lucas 20:18); isto é, tropeçar sobre ela em descrença.”  (Novo Comentário da Bíblia, p. 62).

“Por isso diz o Soberano Senhor: “Eis que ponho em Sião uma pedra, uma pedra já experimentada, uma preciosa pedra angular para alicerce seguro; aquele que confia, jamais será abalado” (Isaías 28:16).

O especialista bíblico Mattew Henry escreveu o seguinte comentário sobre Isaías 28:16:

» Nas promessa de Deus em geral – a sua Palavra, sobre a qual Ele fez com que o seu povo tivesse esperança – a sua aliança com Abraão – de que Ele seria o seu Deus e o Deus dos seus descendentes. Este é o fundamento sólido, e firme, e duradouro, sobre o qual a fé deve ser edificada; é uma pedra provada, porque todos os santos se edificam sobre ela, e ela jamais falhou com eles.

» Na promessa de Cristo em particular, porque no Novo Testamento isto é expressamente aplicado a Ele ( 1 Pedro 2:6-8). Ele é essa pedra que se tornou a “… pedra preciosa de esquina”. A grande promessa do Messias e do seu Reino, que deveria começar em Jerusalém, foi suficiente para tranquilizar o povo de Deus no pior dos tempos (…) “Assim diz o Senhor Jeová”, para consolação daqueles que não ousaram fazer das mentiras o seu refúgio: “Eis que eu assentei em Sião uma pedra”.

» Jesus Cristo é o fundamento que Deus, com tanto amor e bondade, nos concedeu. Esta é a obra do Senhor. Ele é colocado em Sião, na igreja, no monte santo. Ele é uma pedra provada, uma pedra de toque (conforme alguns entendem), que fará distinção entre o verdadeiro e o falso. Ele é uma pedra preciosa, representada pelos fundamentos da Nova Jerusalém (Apocalipse 21:19), uma pedra de esquina, em quem os lados do edifício estão unidos, a pedra principal da esquina.

» E aqueles que creem nessas promessas, e descansam nelas, não se apressarão, não correrão apressados de uma parte para a outra, como homens que não sabem o que fazer. Eles não ficarão mudando daqui para ali para a sua própria segurança, nem apressarão os passos por qualquer assombro, como acontece com o homem ímpio (Jó 18:11), mas com um coração firme esperarão silenciosamente pelo acontecimento, dizendo: Seja bem-vinda, ó vontade de Deus. Eles não apressarão as suas expectativas, de forma a antecipar o tempo estabelecido nos conselhos divinos, mas, embora demore, aguardarão a hora designada, sabendo que “o que há de vir virá, e não tardará”.

» Aquele que crer não ultrapassará uma boa velocidade, mas ficará satisfeito, sabendo, que a hora de Deus será a melhor hora, e esperará por ela com paciência. O apóstolo explica isso citando a Septuaginta (1 Pedro 2:6). Aquele que crê não será confundido. Suas expectativas não serão frustradas, mas serão excedidas em muito.” ²

“Enquanto estavas observando, uma pedra soltou-se, sem auxílio de mãos, atingiu a estátua nos pés de ferro e de barro e os esmigalhou. Na época desses reis, o Deus dos céus estabelecerá um reino que jamais será destruído e que nunca será dominado por nenhum outro povo. Destruirá todos esses reinos e os exterminará, mas esse reino durará para sempre. Esse é o significado da visão da pedra que se soltou de uma montanha, sem auxílio de mãos, pedra que esmigalhou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro. O Deus poderoso mostrou ao rei o que acontecerá no futuro. O sonho é verdadeiro, e a interpretação é fiel” (Daniel 2:34; 44, 45).

Jesus e o Seu reino eterno são representados por esta pedra. Ele voltará e quem crer não será confundido. Que a nossa fé e esperança estejam alicerçadas em Cristo, a pedra angular, a rocha da nossa salvação!

Biblia.com.br

—————————————————–

¹ Novo Comentário da Bíblia, p. 62.
² Comentário Bíblico Mattew Henry, vol. IV, p. 127-128. 

Sexo antes do casamento
O que a Bíblia diz sobre os idosos?