para o fazer sentar com os príncipes, sim, com os príncipes do seu povo. - SALMOS 113:8

Os gigantes da vida

Publicado em: 09/04/2013  |   0:00
Compartilhe:

davi-e-goliasHaviam se passado anos desde que Davi derrotara o gigante Golias espetacularmente em nome de Deus. Agora o jovem pastorzinho tinha se tornado rei, era um guerreiro cansado e um homem de idade avançada quando Israel entrou outra vez em guerra contra os filisteus. O relato bíblico nos diz que numa batalha contra o inimigo, Davi ficou cansado (II Samuel 21:15-17) e um gigante chamado Is-Benobe, cuja lança pesava trezentos ciclos de bronze tentou mata-lo, mas foi defendido por Abisai. Quando o perigo passou, os homens de Israel disseram ao rei: “Nunca mais o rei sairá para batalha, pois não queremos que se apague a lâmpada de Israel”.

Mas os filisteus continuaram atacando e desta vez foi Sibecai que matou outro gigante chamado Safe. Aparentemente, estava tudo acabado quando em outra batalha contra o mesmo inimigo apareceu outro gigante cuja lança era como o rolo de um tear.

Desta vez foi Elanã que defendeu o rei. Finalmente, apareceu um gigante que tinha doze dedos nas mãos e doze nos pés. Este também desafiou Israel e foi morto por Jônatas, filho de Simei, irmão de Davi.

Qualquer pessoa que lê a história de Davi, pensa só no primeiro gigante que apareceu na vida do rei. Pouca gente sabe que a vida de Davi foi um permanente enfrentar gigantes. Os gigantes nunca o deixaram em paz. Atacaram-no quando era muito jovem e aparentemente não tinha forças para derrotar alguém maior do que ele, e atacaram-no também quando já era velho e cansava-se facilmente.

Os gigantes estão aí diante de nós, todos os dias. Não chega nunca o momento em que possamos dizer: “Venci definitivamente”. Não, eles estão aí esperando o momento de maior fraqueza, prontos a atacar-nos. Quais são seus gigantes? Por favor, não olhe para fora. Os maiores inimigos não são a adversidade, as dificuldades, as circunstâncias duras da vida. Os maiores gigantes geralmente vêm de dentro. São o orgulho, a suficiência própria, as mágoas e os ressentimentos que não nos deixam ser felizes.

Quão bom é saber que na batalha contra os gigantes desta vida, nunca estamos sós. Do outro lado da montanha, está Jesus, o gigante da História. Morreu, no Calvário, mas ao terceiro dia ressuscitou, vitorioso. Emergiu da morte e proclamou a vitória definitiva sobre o pecado. (Escrito pelo Pr. Alejandro Bullon)

Uma resposta para “Os gigantes da vida”

  1. Edmar de Souza disse:

    Acredito que na vida, temos muitos gigantes, mas não podemos desanimar achando que o Senhor Jesus nos abandonou ou que estamos largados a própria sorte e que por isso devamos nos desanimar, não. Jesus é o Senhor de nossas vidas e que por isso podemos e devemos confiar que Ele irá nos defender todas as vezes que as nossas forças não sejam suficiente contra os inimigos.

Leia a Biblia

Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações