biblia.com.br

Suicídio: Deus tem alívio quando a angústia parece não ter fim?

deus

5 de dezembro de 2018

Deve-se ressaltar, também, que ninguém será condenado por um ato isolado.

Quando parece não existir mais saída e a angústia devasta o coração, existe Alguém que pode mensurar a dimensão da dor que sente quem não suporta mais viver. O profeta Isaías descreve os sofrimentos do Messias com as seguintes palavras:

“Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima. Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas dores, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados” (Isaías 53:3-5).

A despeito de todo sofrimento que teve de enfrentar, Jesus podia e ainda pode oferecer algo que todos nós precisamos: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas” (Mateus 11:28, 29).

Esse Jesus que morreu para que nós tivéssemos vida, hoje deseja dar um novo significado para a sua existência. Creia em Seu amor, confie em Seu poder! Desconfie dos seus sentimentos. Peça ajuda! Ele vive para dar vida a todos os que sofrem:

“O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros, para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido…”  (Isaías 61:1-3).

“Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei” (Salmos 91:15).

Deus está ao seu lado neste momento e ao lado de cada pessoa que sofre uma dor emocional. Ele é pleno de misericórdia e amor: “Compassivo e justo é o SENHOR; o nosso Deus é misericordioso” (Salmos 116:5).

“Assim sendo, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos socorra no momento da necessidade”(Hebreus 4:16).

“Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR” (Jeremias 9:24).

“Todas as veredas do SENHOR são misericórdia e verdade para os que guardam a sua aliança e os seus testemunhos” (Salmos 25:10).

Sua compaixão é infinita: “Pois a tua misericórdia se eleva até aos céus, e a tua fidelidade, até às nuvens” (Salmos 57:10).

Ainda que uma pessoa não consiga ver a esperança no futuro, deve lembrar-se de que enquanto há vida há esperança pois Deus nunca o abandona. A Bíblia diz em 2 Coríntios 4:8-9: “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desesperados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos”. Para Deus, você vale muito. A Bíblia diz em Lucas 12:6-7: “Não se vendem cinco passarinhos por dois asses? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. Mas até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois mais valeis vós do que muitos passarinhos”.

Deus lhe ama e sempre está pensando em você. O Salmos 139:17-18 diz: “E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles! Se eu os contasse, seriam mais numerosos do que a areia; quando acordo ainda estou contigo”.

Deus promete-lhe um futuro maravilhoso. A Bíblia diz em Jeremias 29:11: “Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança”.

Acreditamos que nenhum ser humano possa responder sobre como Deus irá julgar as atitudes de uma pessoa, pois este tipo de julgamento pertence a Deus (ver Ez 18:30, 34:20, Mt 16:27, Ap 14:7, 22:12), o ÚNICO que é capaz de sondar o íntimo de cada criatura (cf. Sl 7:9, 17:3 e 139:1). Não temos como avaliar plenamente até que ponto uma pessoa depressiva tem responsabilidades por seus atos na visão do Senhor. Sabemos, sim, que Ele dá a todos nós forças para que cortemos maus pensamentos, de modo que estes não venham a criar maus frutos (cf. Fp 4:8 e 13). Entretanto, é bom atentarmos para o fato de que há diferentes fases na depressão, e por mais forte que possam ser, elas jamais serão capazes de afastar alguém do amor de Deus:

“Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: ‘Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias’ […] Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 8:34-39).

Na Bíblia, encontramos a história de Sansão, que após perder a visão do propósito de Deus pra sua vida, acaba perdendo a liberdade e, estando refém de seus inimigos, tem os olhos vazados (Juízes 16:21). Parece que ao perder a visão de mundo e da realidade física, Sansão passa a enxergar o propósito e chamado de Deus pra ele. O relato bíblico diz que ele ora a Deus e pede forças para se vingar de seus inimigos e acaba morrendo junto com eles (Juízes 16:27-30). Sansão está na galeria dos heróis da fé (Hebreus 11:32).

Deve-se ressaltar, que ninguém será condenado por um ato isolado. De algo tenho absoluta certeza: tudo o que poderia ter sido feito para a salvação, o Espírito Santo o fez, e Jesus irá julgar (João 5:22) da maneira mais justa que existe. O Salmo 7:11 diz que “Deus é justo juiz”. O mesmo pensamento é descrito também no Salmo 98:8-9: “Os rios batam palmas, e juntos cantem de júbilo os montes, na presença do SENHOR, porque ele vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, com equidade.”

Creia nisto e tenha paz!

Sentimentos e Emoções

Leia também:

Como ajudar alguém que esteja com pensamentos suicidas?

Equipe Biblia.com.br

Deus presta atenção à minha Oração?
O papel da Oração em Crises de Sofrimento Importante