biblia.com.br

Salvação pela Graça no Antigo Testamento

deus

28 de maio de 2019

É possível provar que, inclusive no Velho Testamento, as pessoas eram salvas pela graça e não pela lei?

Não é difícil entendermos este assunto. Através de alguns textos bíblicos – e também pela lógica bíblica, é possível comprovar este fato. Primeiramente, deve-se ressaltar que não existem dois planos de salvação e sim um. Isto já é prova suficiente para crermos que todas as pessoas – inclusive aquelas que viveram na época do Antigo Testamento – eram salvas única e exclusivamente pela graça de Deus. Mesmo que Jesus ainda não tivesse vindo morrer na cruz, a salvação deles foi garantida (uma espécie de ‘cheque pré-datado’), pois expressavam sua crença no Salvador que viria no futuro, através da imolação dos cordeiros; estes animais simbolizavam a Jesus, “o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (João 1:29).  Além do mais, o plano de salvação pela graça já existia desde o princípio, o que demonstra novamente que a graça sempre fez parte do plano de Deus para nos redimir do pecado e da morte:

… sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós (1 Pedro 1:18-20).

… adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, aqueles cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo (Apocalipse 13:8).

A salvação pela graça, através do sacrifico de Jesus, nasceu no coração de Deus, antes de existir o mundo. Veja outro verso:“Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gênesis 3:15). Neste texto, Deus expôs a Adão, Eva e à serpente (Satanás) que o ser humano seria salvo pelo sacrificio de Jesus, gratuitamente. Deus disse que o “descendente da mulher” (igreja – 2 Coríntios 11:2), que é Jesus, feriria a cabeça (derrotou a Satanás na cruz e através de Sua ressurreição) da serpente e que este lhe “feriria o calcanhar” (na cruz, quando o diabo conseguiu com que matassem a Jesus), ou seja, Deus expôs o plano da salvação na época em que havia apenas Adão e Eva.

Se existissem dois planos de salvação (um pelas obras e outro pela graça), certamente haveria uma grande confusão no céu entre os justos. Alguns iriam reclamar a Deus de ter sido mais difícil para eles a salvação do que para outros. Já pensou, ao chegarmos ao Céu, vermos Abraão dizer: “Eu fui salvo pela lei…”; já o apóstolo Paulo: “eu fui salvo pela graça…”. Seria uma incoerência total.Portanto, assim como as pessoas no passado, apesar de serem salvas pela graça, tinham de obedecer, hoje ocorre o mesmo (o plano de Deus para o ser humano é um só). A obediência não salva, mas está ligada à nossa conversão: demonstra o tipo de fé que nós temos e nosso amor a Deus (João 14:15).

Outros textos que nos mostram que a salvação sempre foi pela graça, inclusive na época do Antigo Testamento:

“A tua salvação espero, ó SENHOR!” (Gênesis 49:18).

“No tocante a mim, confio na tua graça; regozije-se o meu coração na tua salvação” (Salmo 13:5).

Davi confiava na lei? Não, na graça; e mesmo confiando na graça de Deus, era obediente à lei (Salmo 40:8; cf. Salmo 119:152).

“O SENHOR é a minha rocha, a minha cidadela, o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu baluarte” (Salmo 18:2).

“Vive o SENHOR, e bendita seja a minha rocha! Exaltado seja o Deus da minha salvação” (Salmo 18:46).

“E minha alma se regozijará no SENHOR e se deleitará na sua salvação” (Salmo 35:9).

“Vem do SENHOR a salvação dos justos; ele é a sua fortaleza no dia da tribulação” (Salmo 37:39).

O versículo diz que ‘vem do Senhor a salvação dos justos’. Prova inequívoca acerca da salvação pela graça no período do Antigo Testamento.

“Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa; dele vem a minha salvação. Só ele é a minha rocha, e a minha salvação, e o meu alto refúgio; não serei muito abalado” (Salmo 62:1-2).

“De Deus dependem a minha salvação e a minha glória; estão em Deus a minha forte rocha e o meu refúgio” (Salmo 62:7).

Neste dois versos (Salmo 62:1-2 e 7), Davi fala que ‘Somente em Deus deveria esperar sua alma’, que “Só Ele era a sua Rocha e Salvação” e que “de Deus dependiam sua salvação e glória”.

“Vinde, cantemos ao SENHOR, com júbilo, celebremos o Rochedo da nossa salvação” (Salmo 95:1).

“Venham também sobre mim as tuas misericórdias, SENHOR, e a tua salvação, segundo a tua promessa” (Salmo 119:41).

“Eis que Deus é a minha salvação; confiarei e não temerei, porque o SENHOR Deus é a minha força e o meu cântico; ele se tornou a minha salvação” (Isaías 12:2).

“Mas, com a voz do agradecimento, eu te oferecerei sacrifício; o que votei pagarei. Ao SENHOR pertence a salvação!” (Jonas 2:9).

“O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei?” (Salmo 27:1).

Aqui é dito que “o Senhor é a salvação” e não: “a lei é a salvação”. Reafirmo dois fatos importantes:

– Que a salvação sempre foi pela graça;

– Apesar de muitos dos personagens do Antigo Testamento acreditarem que a salvação é pela graça (um dos exemplos é Davi), faziam questão de guardar a lei. Isto quer dizer que não há contradição entre a graça e a Lei de Deus.

Versos adicionais para estudo acerca da salvação pela graça no Antigo Testamento:

– Êxodo 15:2;                            – Isaías 52: 7 e 10;

– 1 Samuel 2:1;                          – Jeremias 3:23;

– 2 Samuel 22:3;                       – Miquéias 7:7;

– 2 Samuel 22:47;                     – Habacuque 3:18;

– 1 Cr ônicas16:23;                    – Malaquias 4:2.

– 1 Crônicas 13:35                     – Salmo 3:8;

– Salmo 9:14                               – Salmo 21:5;

– Salmo 27:9                               – Salmo 35:3;

– Salmo 38:22                             – Salmo 40:10;

– Salmo 40:16                             -Salmo 51:12;

– Salmo 67:2                               – Salmo 85:4;

– Salmo 89:26                            – Isaías 45:17;

Há salvação apenas em Jesus. Para usufruí-la, basta crer em Seu sacrifício realizado na cruz do calvário e aceitá-Lo como seu Salvador pessoal: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Por que não entregar seu coração a Ele hoje mesmo e convidá-lo para que seja o seu Deus e Redentor?

Equipe Biblia.com.br

Nomes da Bíblia: descubra Curiosidades e Significados
O que é o pecado contra o Espírito Santo?