biblia.com.br

Romanos 1:28 e a homossexualidade

bíblia

23 de novembro de 2015

O mundo necessitava do poder que operasse salvação, e Paulo sabia que em nenhum outro a não ser em Cristo existia esse poder.

“Não há nada que Paulo haja dito sobre o mundo pagão que os próprios moralistas pagãos já não tivessem dito. E a imoralidade não se detinha nos vícios crus e naturais. A sociedade, do alto abaixo, estava assoberbada de vícios contra a natureza. Dos primeiros quinze imperadores romanos quatorze foram homossexuais.

Paulo, longe de exagerar o quadro ele o traça com moderação — e era ali onde Paulo estava ansioso para pregar o evangelho, e era ali onde Paulo não se envergonhava do evangelho de Cristo. O mundo necessitava do poder que operasse salvação, e Paulo sabia que em nenhum outro a não ser em Cristo existia esse poder.

Dificilmente há uma passagem que tão claramente assinale o que o acontece ao homem quando este decide não levar Deus em conta. Não é tanto que Deus envie um juízo sobre o homem, mas sim que ele toma sobre si mesmo o juízo quando não dá lugar a Deus em seu esquema de coisas. Quando um homem afasta a Deus de sua vida ele se converte em um determinado tipo de homem, e aqui nesta passagem temos uma das mais terríveis descrições literárias desse tipo de homem.

Visto que os homens não “aprovam” o conhecimento de Deus, este os entregou a uma disposição mental “reprovável”. Como consequência de sua determinação de esquecê-Lo, Deus os entregou a um estado mental ímpio, o qual não podia aprovar.

O termo porneia é empregado no verso 29 e traduzido por “malícia”. Esse é um termo geral para “baixeza”, “malícia”, “lascívia”, “vileza” e qualquer tipo de “conduta sexual imoral”.

Assim diz Shakespeare: “O homem que exclui a Deus de sua vida não só tem a imagem de Deus desfigurada em si; perde também a humanidade.” Contudo, Deus tem lindas promessas de restauração para todos aqueles que buscam a Sua ajuda!

“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro” (Jeremias 29:11).

“Clame a mim e eu responderei e lhe direi coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece” (Jeremias 33:3).

“Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós” (Efésios 3:20).

“Jesus respondeu: O que é impossível para os homens é possível para Deus” (Lucas 18:27).

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2 Coríntios 5:17).

Vale lembrar que todos nascemos com tendência para o pecado e todos somos carentes da Graça e do poder de Deus para nos libertar do mal. Por isso devemos depositar toda nossa confiança em Deus, que nos ama e deseja restaurar-nos à Sua imagem e semelhança, conforme Seu plano original (Gênesis 1:26, 27; cf. Romanos 8:29).

“Deus não nos manda vencer em nossas próprias forças. Pede-nos que nos acheguemos bem estreitamente a Ele. Sejam quais forem as dificuldades sob que lutemos, que nos façam vergar o corpo e a alma, Ele está à espera de nos libertar.” — A Ciência do Bom Viver, 249 (1905).

“Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. (…) Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei” (Gálatas 5:1, 22, 23).

Sugerimos a leitura do livro: “Homossexualidade: Um Guia de Orientação aos Pais Para a Formação da Criança”. Autores: Joseph Nicolosi and Linda Ames Nicolosi. Editora: Vida Nova.
Que a certeza do amor de Deus por você seja constante!
Equipe Biblia.com.br
_________________
¹ Comentário Bíblico William Barclay, p. 41, 42.

Os Dez Mandamentos da liberdade
Homossexualismo em Romanos 1