biblia.com.br

O que a Bíblia diz sobre a sabedoria?

bíblia

11 de abril de 2012

A palavra sabedoria provém do grego sophia e significa “inteligência plena", isto é, excelência mental no sentido mais pleno. Entretanto, sophia inclui não apenas o conhecimento, mas a habilidade e o julgamento para aplicar tal conhecimento às circunstâncias e situações da vida.

“Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida” (Tiago 1:5).

A palavra sabedoria provém do grego sophia e significa “inteligência plena”, isto é, excelência mental no sentido mais pleno. Entretanto, sophia inclui não apenas o conhecimento, mas a habilidade e o julgamento para aplicar tal conhecimento às circunstâncias e situações da vida, pois só o conhecimento não garante a atitude correta nem conclusões acertadas. A sabedoria ajuda a atribuir o valor correto a tudo o que compete por nossa atenção e garante o uso adequado do conhecimento ao buscarmos a atitude certa.

Os filósofos gregos eram muito conhecidos pela filosofia e retórica, porém, mesmo cercados de muitas evidências a respeito da sabedoria divina no mundo natural (Romanos 1:20), na glória dos céus estelares (Salmos 19:1) e na providência divina em favor da vida (Mateus 6:25-34), não possuíam o conhecimento de Deus, ou a verdadeira sabedoria.

No mundo moderno, a ciência tem posição mais honrada do que a bondade, a sabedoria é menos procurada que o conhecimento e os considerados sábios proferem palavras que estão longe da verdade. Isso ocorre porque sua filosofia básica e sua perspectiva de vida são determinadas por falsas teorias quanto ao certo e ao errado. “O temor do SENHOR é o princípio do saber” (Provérbios 1:7). Aqueles que rejeitam a crença num Deus pessoal e num padrão absoluto de comportamento não são sábios (Salmos 14:1; 1 Timóteo 6:20, 21; 2 Pedro 3:3-5).

A sabedoria afirma que tem três ricas recompensas para dividir com quem a procura: “riqueza “, “honra” e “bens duráveis” (Provérbios 8:18). As riquezas que ela oferece são duráveis. Incluem os tesouros imperecíveis acumulados no Céu (Mateus 6:19-21). A vida de alguns dos filantropos mais famosos do mundo tem demonstrado que a riqueza acumulada e usada da maneira certa pode ser estável e satisfatória mesmo na Terra. Para muitos, porém, a prosperidade material se torna uma armadilha (1 Timóteo 6:9, 17, 18). A honra é quase tão estimada pela humanidade quanto as riquezas. No entanto, a honra humana consiste numa recompensa intangível e exterior ao indivíduo. A sabedoria oferece honra perante Deus (1 Samuel 2:30).

A revelação de Deus nos provê sabedoria. O salmista escreveu: “Oh! quanto amo a tua lei! ela é a minha meditação o dia todo. O teu mandamento me faz mais sábio do que meus inimigos, pois está sempre comigo” (Salmos 119:97-98). As Escrituras Sagradas podem nos tornar sábios “para a salvação pela fé em Cristo Jesus” (2 Timóteo 3:16).

Devemos buscar sabedoria constantemente, a fim de se ter êxito em todo teste de fé e perseverança. Podemos pedi-la a Deus, com sinceridade de coração, para que nos guie em nossas decisões (Tiago 1:5). Muitos problemas da vida frustram quem não consegue enfrentá-los a partir da perspectiva cristã. Para enxergar a vida como Deus quer que a vejamos é preciso nos assegurar diariamente de que nossos olhos foram ungidos com o azeite da sabedoria divina (Mateus 7:11; Lucas 18:1-18).

Se alguém pede a Deus sabedoria, com sinceridade de coração, Ele “a todos dá liberalmente”. “Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento” (Provérbios 2:6). Por meio de Sua Palavra Sagrada, Ele nos encoraja em meio a provas atemorizantes e difíceis; e, devido ao ponto de vista celestial que essa sabedoria traz, é que podemos ter “por motivo de toda alegria” o passarmos por problemas (Tiago 1:2). Nosso Deus é generoso, justo e amoroso. O Salmo 145:17 a 19 sugere que, por ser justo, o Senhor está sempre pronto a atender o desejo dos que O temem. Deus é generoso por natureza (João 3:16), e O honramos ao buscarmos com humildade Seus dons de sabedoria e força a cada dia. Deus fica feliz ao prover a sabedoria. Quando alguém a busca, Deus atende ao pedido sem hesitar ou relutar.[¹]

Equipe Biblia.com.br

_______________

Referência Bibliográfica:
[¹] Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira).

Como organizar uma vigília
O que a Bíblia diz sobre rejeição?