biblia.com.br

Deus abomina homossexuais?

bíblia

19 de outubro de 2016

Deus ama o pecador, indistintamente, mas Ele abomina a prática de qualquer pecado, seja ele qual for.

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Este é um dos versos mais lindos de toda a Bíblia e afirma que Deus ama todas as pessoas, indistintamente. A Bíblia afirma que “com Deus não há acepção de pessoas” (Romanos 2:11). Isso significa que toda a raça humana é objeto do Seu eterno amor.

Quando o homem foi criado por Deus, Ele o fez à Sua imagem e semelhança, homem e mulher (Gênesis 1:26, 27). Entretanto, ao pecar, essa imagem foi desfigurada e quase que obliterada. Essa realidade abrangeu toda a humanidade, “pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Romanos 3:23). O pecado trouxe uma nova condição, uma natureza pecaminosa ou inclinação natural para o mal. Essa natureza tem diferentes formas de expressão e todo ser humano tem uma luta pessoal a ser travada. Não importam quais são as tendências pecaminosas que cada um possui, ou que tipos de pecado foram cometidos.

O amor de Deus é constante e fiel. Entretanto, Deus provê graça para todas as pessoas, indistintamente, e oferece perdão, restauração e poder para se resistir ao mal. Talvez alguém pense, “eu nasci assim”, ou, “não adianta lutar contra a natureza”. Esse pensamento não reflete a compreensão do poder transformador do evangelho (2 Coríntios 5:17; Gálatas 2:20).

É propósito divino redimir o ser humano e restaurar nele a imagem de seu criador.  Unicamente Deus, que nos criou e conhece nossa natureza, pode satisfazer os anseios do nosso coração. Sua Palavra é a revelação de Seu propósito e de Sua vontade para nossa felicidade e provê orientações para todas as áreas de nossa vida, inclusive a sexual. A Bíblia é muito clara sobre esse assunto.

O relato da criação em Gênesis 2 descreve o primeiro “casamento” celebrado pelo próprio Deus. Deus intencionava que o casamento de Adão e Eva servisse de modelo para todos os casamentos posteriores. O casamento, assim instituído por Deus, é um relacionamento monogâmico e heterossexual entre um homem e uma mulher (Mateus 19:4-6). Ressaltamos que Deus ama o pecador, indistintamente, mas Ele abomina a prática de qualquer pecado que seja, inclusive o da homossexualidade. A Bíblia adverte claramente contra tal prática: “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação” (Levítico 18:22).

Por que Deus considera abominável a prática homossexual? O Antigo Testamento chama este pecado de “abominação”, e o Novo Testamento considera a prática homossexual como “paixão vergonhosa”, “contrária à natureza”, “atos indecentes” e “perversão” (Romanos 1:26-27). Deus abomina a homossexualidade porque ela é uma distorção do propósito original designado por Ele na criação. Quem rejeita persistentemente a graça de Cristo e decide viver de modo contrário à revelação divina, poderá perder a grande chance de salvação (ver 1 Coríntios 6:9, 10). Deus pede para todos aqueles que verdadeiramente O amam que fujam dessas coisas (1 Tessalonicenses 4:1 e 3). Portanto, Deus não abomina o homossexual, mas sim a prática da homossexualidade.

Ninguém consegue vencer as próprias tendências pecaminosas por conta própria. Isso vem de Deus, por meio da fé e confiança em Sua Palavra. Se nos mantivermos ligados a Jesus, somos transformados à Sua semelhança e poderemos dizer como Paulo: “Tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses 4: 13). “Estou crucificado com Cristo;logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gálatas 5:20).

Equipe Biblia.com.br

_______________

Recomendamos dois links onde há artigos relacionados a este tema:
1 https://novotempo.com/namiradaverdade/homossexuais-deveriam-deixar-de-ir-a-igreja/
2 https://novotempo.com/namiradaverdade/os-homossexuais-serao-salvos/

Quem morreu na cruz?
A arca de Noé