biblia.com.br

Meu filho de 10 anos se tornou agressivo repentinamente. O que será?

11 de abril de 2012

Não é normal alguém que tem todo o cuidado em respeitar, de uma hora para outra, começar a não mais ter esse procedimento.

“Me encontro em uma situação desesperadora. Meu filho tem 10 anos. Ele sempre foi um menino meio travesso mas com um coração muito bom, estudioso, e respeitador. Só que de uns 6 meses para cá ele mudou muito. Xinga todo mundo aqui de casa. Estudar nem pensar. Agride as pessoas. Já fui ao médico e ele não tem nenhuma doença física . O que pode ser? O que faço?”

Uma criança que tem a característica de ser respeitadora tem princípios. E se essa característica ocorre ao longo de um tempo significativo, é algo já introjetado em seu caráter. As crianças são muito sensíveis e sinceras. Apesar de seu filho estar entrando em uma idade que já dispõe de uma certa maturidade para identificar muitas coisas que estão acontecendo ao seu redor, não acredito que este comportamento seja em função da idade, ou de uma fase em especial e sim em função de algum acontecimento específico.

Não é normal alguém que tem todo o cuidado em respeitar, de uma hora para outra, começar a não mais ter esse procedimento. Vamos analisar o versículo Bíblico a seguir: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Provérbio 22.6). O profeta escreveu sabiamente sobre a importância dos pais ensinarem aos seus filhos e como a condução desse ensino formaria um caráter apreciado pelo Senhor.

Nós deixamos muito nossos filhos a mercê da televisão, dos amigos da rua, dos amigos das escolas e até mesmo de parentes que, uma vez ou outra, podem influenciar negativamente os nossos filhos. Tente com muita conversa e sutileza, saber se nos últimos seis meses houve algum acontecimento que o frustrou e se tal frustração enseja essa revolta. Verifique se houve algum momento em que você não pode estar com ele e que ele poderia estar em perigo e ter sido violentado emocional ou fisicamente. Converse bastante com ele sem que ele perceba que você quer arrancar algo dele, faça-o se sentir seguro em conversar com você sem que perceba também o seu interesse em resolver um problema que ele sabe que tem.

Devemos ensinar e proteger os nossos filhos. Precisamos saber com quem eles andam e onde andam, o que assistem e não deixar que eles presenciem cenas violentas de brigas entre casais da família. Às vezes a revolta se dá em função de estar em uma situação de humilhação que não pode se vingar e resolver a humilhação sofrida. Sugiro, concomitante a essas ações, a busca de um profissional especialista em crianças, da idade do seu filho, para uma ajuda mais técnica a respeito.

O imprescindível mesmo é você demonstrar amor incondicional como fez o Senhor Jesus Cristo. Dedique tempo todos os dias para estudar a Bíblia e orar. Através dessas iniciativas Deus lhe dará orientações sábias para todas as áreas da vida. O Senhor diz em Sua Palavra: “Eu lhe ensinarei o caminho por onde você deve ir; Eu vou guiá-lo e orientá-lo” (Salmos 32:8 – NTLH). Que Deus lhe abençoe ricamente!

Equipe Biblia.com.br

História da Bíblia
O que a Bíblia diz sobre a tranquilidade?