biblia.com.br

Adorando a Deus em oração

Textos

9 de maio de 2013

À luz da majestade de Deus somos chamados a uma honesta análise a nosso respeito: o que somos, em contraste. Este é o segundo aspecto da oração: a confissão. A disciplina espiritual exige um reconhecimento regular da nossa verdadeira natureza, e os atos e atitudes específicos do passado recente que não foram agradáveis a Deus quando Ele procurou nossa obediência, e comunhão conosco.

“Deus seja misericordioso para comigo, pois sou um pecador…” esta é uma versão abreviada da oração de confissão. Precisamos da experiência humilde e cotidiana de nos quebrantarmos na presença de Deus, ao encararmos nossa imperfeição e nossa propensão a procurar caminhos iníquos. (Extraído da obra Ordering Your Private World, de Gordon MacDonald)

Deus não tem memória curta
Em Cristo não existe passado