biblia.com.br

Tentação é pecado?

11 de abril de 2012

Ser tentado não é pecado. A tentação se torna pecado quando é aceita na mente ou acariciada no coração.

Antes de comentar acerca desse assunto, precisamos entender que a tentação em si não é pecado. Não é possível garantir que a tentação não surgirá na mente, pois ela aparece, em um momento ou outro. Ser tentado não é pecado. A tentação se torna pecado quando é aceita na mente ou acariciada no coração.

Lembre-se também que Deus jamais permitirá que nos sobrevenha uma tentação que não possamos aguentar: “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar” (1 Coríntios 10:13).

Outro aspecto a ser considerado é que Deus não tenta (Tiago 1:13); quem faz tal coisa é o diabo. Deus apenas permite que alguns testes nos sobrevenham a fim de que nosso caráter seja fortalecido; outras, Ele permite porque fomos nós quem escolhemos. Isto quer dizer que, o primeiro passo que devemos dar é o de não nos colocarmos no terreno da tentação. A maneira mais eficaz de vencermos uma tentação é “não proporcionar oportunidades para que sejamos tentados”.

Como podemos fazer isso? Vigiando nossos olhos, pensamentos e atitudes: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem às fontes da vida” (Provérbios 4:23). “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (Filipenses 4:8).

Como praticar essas orientações?

1) Orar e estudar as Escrituras; essa prática proporciona comunhão e, consequentemente, traz força espiritual;
2) Não ir a lugares impróprios;
3) Não colocar perante os olhos e ouvidos coisas que estimulem a pecar, que sejam tentadoras;
4) Não alimentar pensamentos pecaminosos; esses pensamentos devem ser cortados e substituídos por outros, sempre que vierem à mente;
5) Estar sempre em comunhão com o Senhor Jesus.

Esse último tópico é fundamental, pois apenas ao lado do Senhor Jesus é possível obter vitória. E se for tentado? Como proceder?

1) Orar a Deus no exato momento pedindo auxílio;
2) Não alimentar o desejo pecaminoso que vier à mente devido à situação tentadora;
3) Afastar-se da tentação o mais rápido possível;
4) Confiar na atuação do Espírito Santo (Deus).

Se cair? O que fazer?

1) Crer no perdão de Deus (1 João 1:7 e 9; Miquéias 7:19);
2) Confiar em Jesus e pedir-lhe perdão; Ele é o Intercessor de todos os pecadores (João 6:37; Hebreus 8:1; Hebreus 4:14-15; 1 Timóteo 2:5).
3) Pedir forças ao Senhor para não cair novamente;
4) Não permitir que o diabo insinue que “você não tem mais jeito e que é melhor desistir.” A graça de Deus pode mudar qualquer pecador (cf. Filipenses 4:13).
5) Levantar-se e prosseguir na caminhada cristã (Provérbios 24:16). O pior não é o cair, mas sim permanecer prostrado. Não desista! (Lucas 21:19; Hebreus 10:39).

A presença contínua do Espírito Santo em nossa vida é a garantia de nossa vitória. Vá a Jesus do jeito que você está, pois ele lhe ama muito e jamais deixará você. Lembre-se de que Deus sempre vê em você alguém em potencial; pelo poder divino, será aquela pessoa que o Criador deseja. Apenas cuide em prosseguir em sua vida cristã rumo ao Céu. Aceite a Jesus agora mesmo ou reforce sua entrega a Ele através de uma oração.

Equipe Biblia.com.br

Sexo antes do casamento
O que a Bíblia diz sobre os idosos?