Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d f g h i j l m n o p q r s t u v x z

O sexo oral no casamento é proibido pela Bíblia?

Graça e paz.

Amiga, existe uma grande confusão no que diz respeito às práticas sexuais. Essa confusão tem como principal causa uma dificuldade no entendimento de uma passagem bíblica. Vejamos.

“Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.” (Romanos 1:26-27 RA).

Esta passagem é tida por muitos como condenatória de toda e qualquer prática sexual que não seja a penetração vaginal. No entanto, se observarmos atentamente, veremos que, no início do verso 27, consta a palavra SEMELHANTEMENTE. Em todas as traduções que conheço, esta palavra aparece e entendo que seja uma palavra chave, que esclarece que nesta passagem Deus condena o homossexualismo. As mulheres passaram a ter relações com mulheres e, semelhantemente, os homens passaram a ter relações com homens. Isto é abominável perante Deus.

Este entendimento me parece ser confirmado quando comparado o texto com o de outra passagem bíblica, plenamente esclarecedora de como devem se portar marido e mulher:

“O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher. Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência.” (1 Coríntios 7:3-5 RA).

Vamos analisar: “O marido conceda à esposa o que lhe é devido”. A mulher tem um órgão exclusivamente destinado a proporcionar prazer sexual, o clítoris. Ou seja, Deus quer que a mulher tenha prazer no sexo, e esse prazer é devido pelo marido, ou seja, o marido DEVE dar prazer à mulher. Segue-se “e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido”, ou seja, a mulher deve atender às necessidades de prazer que o marido tenha, “para que Satanás não vos tente por causa da incontinência”. Uma insatisfação é uma porta aberta para Satanás, portanto deve ser encarada e tratada com a devida seriedade.

Isto não quer dizer que tudo seja permitido ou recomendado. Cada pessoa tem uma história de vida e uma consciência que deve ser respeitada. Mas dentro dos padrões de higiene e bom senso há bastante espaço para a satisfação sexual dentro do casamento. É recomendado aquilo que a Bíblia recomenda, e permitido aquilo que a Bíblia não proíbe, ou seja, que não contraria princípios bíblicos.

Acredito que marido e mulher podem fazer sexo como quiserem, desde que o façam para a glória de Deus, pois foi Ele que os fez marido e mulher para se completarem mutuamente e terem todo o prazer nisto. Veja por si os textos citados, bem como outros que tenham relação com o assunto, e tire tuas próprias conclusões. Mas tenha sempre em mente o que diz a Bíblia:

” Mas aquele que tem dúvidas é condenado se comer, porque o que faz não provém de fé; e tudo o que não provém de fé é pecado. ” (Romanos 14:23 RA).

Fique na paz do Senhor.

Comentarios

Este artigo teve "10 Comentários"

  • alessandro das chagas disse:

    Entao sr. Jorge Pacheco a boca nao serve para beijar tambem.
    Somente para comer e falar. Beijos nem no rosto.

  • pr.eliseu silva disse:

    querido vendo por uma visão tão fechada não podemos fazer nada .então nossos pés são abençoados aonde tocares as plantas dos pés terás por heranças ..etc nossas mãos santas. pois eu lhe dou poder e imporás as mão os demônios se sujeitaram e curaras os enfermos. sua boca tem poder de abençoar e amaldiçoar de fato vendo bem beijar.acariciar.tocar. masturbar a esposa(o).oral.anal… são abominável a Deus … ficando com uma condição enviável para pratica sexual devera ser sem olhar pois os nossos olho também estão na lista ..temos que ter bom senso sexo sem por a mão .sem beijar.sem caricias.não sexo Deus fez o sexo para prazer mutuo e para satisfazer o homem e a mulher ;; minha opinião

  • Andre disse:

    Se as escritas da biblia sao as mesmas,como pode haver tanta diferencas em todos os comentarios, na verdade o que vi aqui foi uma disputa de conhecimentos, eu sei mais do que vc pq li e re-li a biblia, enquanto um se achar mais sabio que o outro nunca chegaram a um ponto final, isso é uma deficiencia humana, como abordar um assunto ou encontrar a resposta correta se nenhum concorda com a ideia ou escolha do outro, Deus nos fez irmaos, mas esta irmandade esta longe de seus ensinamentos pois cada um de vcs seguem os proprios caminhos e ideias,enfim nao quero dizer se sexo oral é certo ou errado mas leiam todos os comentarios e entenderam o meu.Obrigado.

  • Lucas disse:

    1. É possível contrair alguma doença oral com a prática do sexo oral?

    Sim, uma doença sexualmente transmissível (DST) causada por uma infecção de um vírus chamado de Papilomavírus Humano (HPV) na mucosa (pele) da região oral ou genital causando uma verruga ou papiloma. Ou seja, o sexo oral é uma via de transmissão da doença, porém é mais frequente em pessoas com maior número de parceiros sexuais.

    A história de contato sexual por via oral esteve associada a uma prevalência de infecção oral pelo HPV duas vezes maior em relação àqueles que não praticavam sexo oral em um estudo norte-americano. Esse dado não levou em consideração o número de parceiros/as sexuais.

    Gillison ML, Broutian T, Pickard RL, et al. Prevalence of Oral HPV Infection in the United States, 2009-2010. JAMA. 2012;307(7):693-703.

    2. Quais riscos a presença de infecção oral pelo HPV pode oferecer para a saúde?

    A presença de um tipo de alto risco do HPV, o HPV-16, na mucosa oral, esteve associada a um risco 50 vezes maior de se apresentar câncer de cabeça e pescoço (carcinoma de cabeça e pescoço associado ao HPV).

    Gillison ML, D’Souza G, Westra W, et al. Distinct risk factor profiles for human papillomavirus type 16-positive and human papillomavirus type 16-negative head and neck cancers. J Natl Cancer Inst. 2008;100(6):407-420

    3. No Brasil existem muitas pessoas com infecção genital pelo HPV?

    Estima-se que seja alto o número de pessoas em idade reprodutiva no Brasil que tenham infecção genital pelo HPV.

    Um exemplo é o estudo que encontrou uma prevalência de 17,8% de HPV de alto risco na região genital de mulheres de 15 a 65 anos em 2300 amostras de exames do colo de útero (como um Preventivo) analisadas em São Paulo e Campinas.

    RAMA, Cristina Helena et al . Prevalência do HPV em mulheres rastreadas para o câncer cervical. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 42, n. 1, Feb. 2008 .

    4. O uso do preservativo (camisinha) previne a infecção oral pelo HPV?

    O uso de preservativo, mesmo que durante todo contato sexual, não protege totalmente da infecção pelo HPV, pois não cobre todas as áreas passíveis de ser infectadas. Na presença de infecção na vulva, na região pubiana, perineal ou na bolsa escrotal, o HPV poderá ser transmitido apesar do uso do preservativo. A camisinha feminina, que cobre também a vulva, evita mais eficazmente o contágio se utilizada desde o início da relação sexual.

    Resposta adaptada de: http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=2687

  • fernando disse:

    Olá meus amados irmãos!
    Venho falar como cirurgião dentista sobre o informado no texto do nosso irmão instrutor.
    As lesões provocadas na gengiva e na cavidade oral por sexo oral estão relacionadas com comportamento sexual com vários parceiros, o que acarretaria em DSTs ( doenças sexualmente transmissíveis ), ou de lesões como candidíase vaginal no caso de baixa imunidade por parte de quem faz sexo oral, em situação de fidelidade conjugal e de saúde bucal e vaginal não existe contra recomendação, a saúde bucal esta mais ligada a hábitos de escovação e fio dental do que ao sexo oral propriamente dito, o que apodrece a boca é o que sai dela, e a falta limpeza tambem, rsrsrs.

    • Instrutor disse:

      Respeitamos sua opinião e ficamos muito felizes pela sua opinião e participação no site querido Dr e amigo, muito obrigado pelas informações, conte sempre conosco, um grande abraço.

  • Guilherme disse:

    O que eu já vi ensinos bíblicos é que entre um marido e sua mulher não existe sexo contrário a natureza não!
    Existe sim é TABU MEDIEVAL, na relação erótica conjugal, o que vale são 4 temas: o Desejo (tesão), Prazer (gozo e satisfação), Amor e Respeito.
    Lógico que o marido não pode ser um grosseiro, mandão querendo tudo, da mesma forma a mulher rotular certas práticas, julgando ser coisa de “vagabunda” etc.
    Toda a liberdade sexual existe SIM dentro da fidelidade conjugal.
    E vale de tudo SIM, desde que o casal se respeite a ponto de um não ofender e ferir físico ou sentimento do outro(a). Sexo conjugal sem criatividade é rotina, por isso vale carícias até tapinhas, palmadas, fantasias, variações, posições, tântrico, pompoar, “Salomão derramava vinho no corpo de sua mulher e depois lambia tudo…” (Cantares 7.2) e tudo o que a imaginação do casal legitimamente casado se permitir. (Cantares 1, 2, 4, 6, 7)
    CUIDADO – ficar limitando o ato sexual dentro do casamento é o motivo de infelicidade conjugal, rotinas e divórcios.
    Leia o livro de Cantares, o livro de poesia-erótica na Bíblia, lá ensina toda a liberdade dentro da fidelidade no leito conjugal.

    • Instrutor disse:

      Veja querido irmão, muito importante seu comentário, ficamos muito felizes por isso. Sexo oral, embora tenha seus defensores ou aqueles que são tolerantes, não é recomendável do ponto de vista da saúde.

      Os tecidos da cavidade bucal não têm condições de resistir à ação de microorganismos que tem o seu habitat no canal vaginal ou na uretra masculina. Este comportamento sexual tem facilitado a transmissão de enfermidades venéreas transportadas agora para a boca, laringe ou faringe. Dentistas têm encontrado abcessos nas gengivas provenientes de bactérias próprias do aparelho geniturinário. A boca não foi planejada por Deus senão para as finalidades que já conhecemos. A psicologia e a psicanálise explicam tais fenômenos com base nos estágios do desenvolvimento psicossexual, confirmando o princípio bíblico na dimensão emocional e espiritual do ser humano.

      O que pensa sobre isso?
      Aguardamos seu retorno, Deus te ama muito, um grande abraço.

  • Jonas Azevedo disse:

    Muito bem, eu entendo que o que a Bíblia diz, está dito, e o que não diz, deixa um espaço para discussões, este assunto está muito longe de se chegar a um denominador comum, pois a mente do povo de Deus ainda está muito fechada.

  • Jorge Pacheco disse:

    A meu ver o sexo oral é pecaminoso, pois a boca é feita para se alimentar, para ingerir alimentos e não para o prazer sexual, para isso existe o sexo, e Deus dotou o homem e a mulher de aparelhos sexuais para justamente praticarem sexo, a boca é sim para se alimentar e falar.

Comente este artigo

Comente este artigo