biblia.com.br

O perdão dos pecados se dá somente após o batismo?

11 de abril de 2012

O batismo é um ato pelo qual demonstramos publicamente que cremos no Salvador.

De acordo com a Bíblia, os únicos requisitos para que o pecador seja perdoado são os seguintes:

1. Arrepender-se do pecado: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados” (Atos 3:19).

2. Confessar o pecado a Deus: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 João 1:9).

3. Perdoar o próximo: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as nossas ofensas” (Mateus 6:14 e 15).

 O batismo é:

1. Um símbolo de nossa morte para o pecado e da ressurreição para uma nova vida, novo nascimento (Romanos 6:4-9).

2. Um ato pelo qual demonstramos publicamente que cremos no Salvador (em seu sacrifício, morte e ressurreição) e que nosso coração realmente O aceitou.

Vemos, portanto que o perdão para os pecados é concedido a todo aquele que se arrepende, confessa seu pecado a Deus, e perdoa o próximo, e o batismo é também símbolo do novo nascimento, mas não significa que só após o batismo a pessoa é perdoada. Na Bíblia encontramos a história do ladrão na cruz que não tinha a possibilidade de ser batizado no momento em que evidenciou sua crença no Senhor. Se ele tivesse a chance, certamente teria aceitado o batismo. Como ele não podia descer do madeiro onde estava pendurado, mas creu em Jesus e O aceitou, o Senhor concedeu-lhe o perdão e deu-lhe a salvação (Lucas 23:43). Isto não quer dizer que nós não precisamos do batismo. O ladrão na cruz estava impossibilitado. Se a pessoa tem a possibilidade de ir a um tanque batismal ou rio e ser batizada, assim deve fazê-lo, pois isto é uma demonstração pública de que ela aceitou Cristo como seu único Salvador (Marcos 16:16 e Mateus 10:32 e 33). Negar o batismo seria o mesmo que um noivo dizer à sua noiva: “eu amo você, mas casamento não!” Que amor seria esse?

O batismo é uma demonstração de fé no Salvador, e a fé é evidenciada pelas obras (Tiago 2:26). Quando não há nenhum empecilho do tipo que o do ladrão teve na cruz, é essencial evidenciar o amor pelo Salvador, submetendo-se ao batismo. Deve ser ressaltado que o batismo em si mesmo não salva ninguém, pois a salvação é pela graça, mediante a fé em Jesus (Efésios 2:8). Sendo assim, o batismo deve ser precedido de arrependimento, confissão e entrega da vontade ao Senhor. O batismo é uma declaração pública de um compromisso assumido com Jesus.

Equipe Biblia.com.br

O que a Bíblia diz sobre a religião?
O que preciso saber sobre o adultério (parte 2)