biblia.com.br

Música Rock com letra cristã

11 de abril de 2012

Minha dúvida diz respeito à 1 Coríntios 9:19-22. Esses versos podem ser usados para defender, por exemplo, o “rock cristão?” Podemos usar qualquer meio para atrair pessoas para a igreja?

“Minha dúvida diz respeito à 1 Coríntios 9:19-22. Esses versos podem ser usados para defender, por exemplo, o “rock cristão?” Podemos usar qualquer meio para atrair pessoas para a igreja?”

Vejamos o texto bíblico:

“Porque, sendo livre de todos, fiz-me escravo de todos, a fim de ganhar o maior número possível. Procedi, para com os judeus, como judeu, a fim de ganhar os judeus; para os que vivem sob o regime da lei, como se eu mesmo assim vivesse, para ganhar os que vivem debaixo da lei, embora não esteja eu debaixo da lei. Aos sem lei, como se eu mesmo o fosse, não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo, para ganhar os que vivem fora do regime da lei.Fiz-me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns. Tudo faço por causa do evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele” (1 Coríntios 9: 19-23).

Nestes textos o apóstolo não está afirmando que pecou para poder atrair pessoas a Cristo. Se esta fosse a maneira utilizada por ele para “evangelizar”, estaria contradizendo a si mesmo, pois nos versos seguintes (24-27) ele diz, por exemplo, que, “esmurrava o seu corpo”. Sendo que ele lutava contra o pecado, é certo que em 1 Coríntios 9:19-22 ele não poderia de modo algum estar dizendo que adaptava o seu estilo de vida aos diferentes tipos de pecadores e estilos de vida alternativos.

Aqui Paulo volta ao tema de 1 Coríntios 8:9-13, que trata do não escandalizar os irmãos por comer carnes sacrificadas a ídolos. Paulo aconselha aos cristãos a renunciarem os seus direitos se isto for beneficiar os outros. “Ao proceder como judeu Paulo abriu mão de seu próprio direito de viver como cidadão romano e, ao se colocar ‘sob o regime da lei, abria mão do direito de prestar contas somente à lei de Cristo. Ele abriu mão até mesmo a uma identidade própria (v. 22). Abrir mão dos próprios direitos a fim de salvar outros requer o mesmo tipo de autocontrole e disciplina encontrado nos esportes.” (Comentário Bíblia de Estudo Andrews).

Para agradar as pessoas, Paulo se conformava com seus hábitos e costumes, desde que não fossem pecaminosos. Foi por isto que em certa ocasião ele decidiu circuncidar a Timóteo (Atos 16:1-3), mesmo sabendo que isto não mais era necessário para o crente. Fez isto para se familiarizar com um costume que não mais era válido, mas que não era pecaminoso em si a fim de pregar aos que acreditavam na importância da circuncisão. Leia também Atos 18:18; 21:21-26; 23:1-6.

Portanto, vemos no contexto do verso que nada é tratado sobre a música e que o princípio exposto no verso (sobre Paulo aceitar hábitos e costumes que não fossem pecaminosos) também não apoiaria o chamado “rock cristão” pelo fato de o rock ser um estilo musical que prejudica a saúde mental e espiritual. O rock teve algumas fases:

Anos 60: apelava para a perversão sexual;
Anos 70: apelava para a luta por “certas causas” (uso livre de drogas).

Assim, vemos que o estilo rock não combina com os princípios cristãos. Portanto, não devemos usá-lo como meio de “atrair” pessoas a Cristo. Se o fizermos, estaremos adaptando o evangelho ao estilo de vida das pessoas ao invés de adaptar o estilo de vida delas ao evangelho.

Equipe Biblia.com.br

Sexo antes do casamento
O que a Bíblia diz sobre os idosos?