biblia.com.br

Mistura de animais, sementes e tecidos – Levítico 19

11 de abril de 2012

A mistura no cruzamento de animais, na plantação de sementes ou de certos tipos de tecido nas roupas era proibida na vida comum, aparentemente porque o Criador da ordem do planeta Terra mantém as espécies separadas (Gênesis 1)

“No livro de Levítico, capítulo 19, há diversos conselhos e exortações divinas à santidade vindos de um Deus sábio e Santo. No verso 19 o Senhor proíbe que se plante duas espécies de sementes num mesmo campo, que se use roupas de tecidos misturados e que se misture os animais. Com base na Bíblia e nos costumes do povo, qual era o motivo deste mandamento? Estaríamos errados em plantar milho com feijão? Cana-de-açúcar com feijão? Como explicar a policultura?”

“A mistura no cruzamento de animais, na plantação de sementes ou de certos tipos de tecido nas roupas era proibida na vida comum, aparentemente porque o Criador da ordem do planeta Terra mantém as espécies separadas (Gênesis 1). Se o agricultor misturasse outra plantação com vinhas, toda colheita se tornaria ‘santa’ (não ‘contaminada’; Deuteronômio 22:9), no sentido de que deveria ser entregue ao santuário. As misturas eram apropriadas no santuário, que representava o reino celestial (Êxodo 25:18-20; 26:1, 31; comparar com Ezequiel 1:5-12; 10:8-22). Portanto, a proibição de misturas fora do santuário mantinha o caráter único desse lugar sagrado na Terra (comparar com Êxodo 30:32, 37 – óleo de unção e incenso únicos). Devido ao fato de  o santuário/templo terreno não existir mais, o motivo para guardar a lei de misturas também terminou.”[1]

Equipe Biblia.com.br

___________________

[1]  Bíblia de Estudo Andrews, p. 157.

História da Bíblia
O que a Bíblia diz sobre a tranquilidade?