biblia.com.br

"Onde estiverem reunidos dois ou três em meu nome…"

11 de abril de 2012

O contexto imediato refere-se principalmente à igreja e sua capacidade oficial de lidar com um membro ofensor. A igreja deve atuar em harmonia com os princípios do Céu. Em sentido geral o texto revela que Jesus está tão presente na pequena congregação como na reunião de multidões.

“Em qual parte da Bíblia diz que “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou no meio deles”? Isso tem a ver com a igreja?”

O texto mencionado está em Mateus 18:20: “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou no meio deles”. De acordo com o comentarista bíblico Willam Barclay, “os judeus estavam acostumados a repetir: ‘Onde dois se sintam e se ocupam com o estudo da Lei, a glória de Deus está com eles.'” Podemos aplicar esta grande promessa de Jesus em dois campos:

(1) Podemos transladá-la à esfera da Igreja. O contexto imediato refere-se principalmente à igreja e sua capacidade oficial de lidar com um membro ofensor. A igreja deve atuar em harmonia com os princípios do Céu. Em sentido geral o texto revela que Jesus está tão presente na pequena congregação como na reunião de multidões. Está tão presente na reunião de oração ou no círculo de estudo bíblico entre poucas pessoas como no estádio repleto de gente. Jesus Cristo não é escravo do número. Está presente em qualquer lugar onde se reúnam corações fiéis, por poucos que sejam, porque se dá por inteiro a cada indivíduo.

(2) Podemos transladar à esfera do lar. Uma das primeiras interpretações desta passagem assinalava que os dois ou três eram o pai, a mãe e o filho e que Jesus estava presente, hóspede invisível de cada lar.
Há pessoas que nunca entregam o melhor que têm exceto nas assim chamadas grandes ocasiões; mas para Jesus Cristo cada oportunidade em que dois ou três estão reunidos em seu nome é uma grande ocasião (Comentário Bíblico William Barclay, p. 621).

Equipe Biblia.com.br

Sexo antes do casamento
O que a Bíblia diz sobre os idosos?