biblia.com.br

Como lidar com os filhos rebeldes e teimosos?

Educação das Crianças

15 de maio de 2012

Então, como vão as coisas na sua vida mãe? Você se gaba de sua rebelião contra a igreja, contra sua família ou contra a sociedade? A questão não é se tais instituições estão certas ou erradas; a questão é a sua atitude. Uma atitude de rebelião, seja contra qualquer coisa, impede-nos de recebermos as bênçãos de Deus. Talvez ela tenha base em um ressentimento contra seu marido e seu comando no lar, ou contra Deus e seu plano para sua vida… Muitas mulheres estão-se rebelando contra seu papel de donas de casa e mães. Estão simplesmente abandonando-os ou lutando contra as instituições… Toda vez que você combater a rebelião de um filho, faça o mesmo consigo; essa prática constante manterá seu coração sempre livre de ressentimentos, antes que eles se transformem em um mar de amarguras.

Uma criança sabe perceber nitidamente quando temos um espírito rebelde, teimoso. Inconscientemente, ela começará a admirar esse espírito, pois sua querida mamãe o possui.

Rejeite essa atitude de rebelião; confesse-a a Deus em oração, peça-lhe purificação, e depois comece a viver em obediência. Faça isso por amor a seus filhos.

Prevenção com oração

Susannah Wesley tinha dezenove filhos e todos foram criados muito bem. Ela escreveu um breve ensaio, dizendo que o segredo era submeter a vontade da criança. Sua ideia era que se deixasse a vontade da criança prevalecer, isso faria com que ela fosse direto para o inferno. Por isso teria que ser dominada e mantida sempre sob controle. Aquela atitude: “Ninguém manda em mim” precisa ser subjugada pelos pais, se é que desejam que a criança aprenda a submeter-se a Deus. Isso pode parecer meio rigoroso, mas a Sra Wesley contrabalançava sua rigidez dando muito amor aos filhos. Nunca deixou de acompanhar cada um dos dezenove filhos na hora de dormir, quando orava com cada um em particular.

Dominar a teimosia de uma criança não significa quebrar o espírito dela, a ponto de torná-la um bichinho assustado. É ensinar-lhe respeito pelos outros. A rebelião é o oposto da obediência…Temos que exigir obediência de uma criança, quando mandamos que ela guarde suas roupas, e ela deixa passar cinco minutos para depois começar. Ensine-a que ela tem que fazer o que você manda, no momento em que você manda, e não quando ela estiver com vontade…Comece logo corrigindo essas pequenas infrações, e assim cortará a rebelião, antes que ela se torne mais séria. É bem mais fácil impor sua autoridade quando a resistência que o filho oferece é apenas demoras e desculpas, do que quando ela já é uma franca hostilidade. Portanto, qualquer que seja a idade de seus filhos, exija obediência imediata. Não tolere murmurações, discussões, respostas e amuos.

A Bíblia falaVocê pode controlar a rebelião!O medo manipula os paisO que queremos dizer realmente?

Que Deus nos livre da insegurança que nos faz pensar que nossos filhos tem que nos amar e compreender. Que nos livre de querer sempre a aceitação por parte deles. Essas coisas são apenas temporárias, quando lembramos que, quando adulto, “o homem insensato despreza a sua mãe” (Provérbios 15:20). Enquanto você ainda está criando esse filho insensato, pode até ser muito querida por ele; mais tarde é que ele irá odiá-la, pois você não teve nem amor, nem força suficientes para deter sua insensatez.

Os pais se eximem da responsabilidade

A brandura excessiva dos pais que tentaram evitar a rebeldia dos filhos só fez alimentá-la. Aprenda com os erros dos outros. A rebeldia é pecado. Ela destrói os planos de Deus para a vida de seu filho. Quando ele se rebelar, deus lhe atribui a responsabilidade de corrigi-lo. Não se esquive a ela!

*Fonte: Livro “Como criar filhos felizes e obedientes”, Barbara Cook, Editora Betânia, páginas 57 a 67.

Equipe Biblia.com.br