Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d e f g h i j l m n o p q r s t u v x z

Propósito dos dízimos e ofertas

Fidelidade

*O ponto de partida deste estudo é: Tudo pertence a Deus. Nem nós somos de nós mesmos, sabia? 1 Coríntios 6:19, 20 diz: “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo […] e que não sois de nós mesmos?” Nosso corpo, nossos talentos, nosso tempo, nossas posses e bens pertencem a Deus.

* O que somos então? Segundo a Bíblia, mordomos. Deus nos deu a sagrada responsabilidade de administrarmos o que pertence a Ele. Em sentido amplo, a mordomia envolve o uso sábio, fiel e abnegado da vida.

* A fim de lembrar ao ser humano que Ele é a fonte de todas as bênçãos, Deus instituiu o sistema de dízimos e ofertas. Esse é um meio, portanto, de louvor e adoração a Deus, em resposta ao que Ele fez e faz por nós.

PROPÓSITO DOS DÍZIMOS E OFERTAS

* O dízimo é sagrado, santo. Ele pertence a Deus (Levítico 27:30, 32). Por isso, não damos o dízimo, mas sim devolvemos o que é de Deus.

* Os dízimos servem exclusivamente para a pregação do evangelho, para a manutenção dos pastores de tempo integral e dedicação exclusiva à pregação (1 Coríntios 9:14). Em Israel, o dízimo era usado exclusivamente para os levitas (Números 18:21, 24).

* O dízimo deve ser entregue à Igreja (Malaquias 3:10), que estabelece uma base salarial única e remunera os seus pastores de modo equitativo, de maneira que o pastor de uma Igreja pequena ganhe igual ao de uma grande. Essa é a prática da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

* As ofertas são necessárias para construir, manter e operar as igrejas (pagando contas de limpeza, luz, água), e para empreender a obra médico-missionária, demonstrando o significado prático do evangelho.

* Os dízimos e as ofertas servem para tirar o egoísmo do nosso coração e nos ajudam a colocar nossa confiança não no dinheiro, mas em Deus (Lucas 12:15). Como resultado desse relacionamento de confiança, teremos mais sabedoria para gastar o dinheiro, pois adquirimos uma perspectiva correta da nossa escala de valores, sabendo, assim, diferenciar o que é realmente essencial daquilo que é supérfluo. Também saberemos usar as coisas e amar as pessoas, jamais o contrário.

* A nossa motivação ao devolver o dízimo não é conseguir bênçãos materiais de Deus, mas expressar gratidão e adoração pelas dádivas recebidas. Deus não faz troca com ninguém. Existem igrejas que ensinam a teologia da prosperidade, um tipo de barganha com Deus. Mas Deus não pode ser comparado a um fundo de investimento, não é essa a relação que Ele deseja ter com Seus filhos. O Senhor nos ensina a ofertarmos humildemente e em sinceridade, não por ostentação ou interesse (Lucas 21:1-4).

* A devolução dos dízimos e ofertas coloca Deus e o homem em suas devidas posições: Criador e criatura, Doador e receptor, Deus e mordomo.

Equipe Biblia.com.br

  • Esperança H. Galves disse:

    Em Deterionomio 14 vers.22 a 29 explica sobre os dizimos. Entao o dizimista e sua familia se alegrarao comendo e bebendo dos seus dizimos na presenca de Deus, e tambem dar parte dos dizimos a viuva,ao orfao e ao forasteiro.
    Sei que a Igreja Adventista procura fazer bom uso do dizimos e ofertas,para a propagacao do evangelho parabens por isso e temos que contribuir para isso, porem pelo que li na Biblia o dizimo era para outro fim.

  • frederico disse:

    Olá!

    Os dízimos no AT eram destinados à manutenção da tribo de Levi. Os levitas eram os líderes espirituais e responsáveis pelos serviços do santuário. No NT, o dízimo era empregado para manter os pregadores do evangelho (1 Coríntios 9:14).Somos ensinados na Bíblia que o dízimo é santo (separado) e que não podemos destiná-lo para outra finalidade que não seja a pregação do evangelho. Os recursos para ações sociais devem ser provenientes das ofertas.

    Tanto o dízimo quanto as ofertas devem ser devolvidos ao Senhor com alegria, louvor e adoração, em reconhecimento de que tudo provém de Deus, o Criador. Que Deus lhe abençoe!

  • Pedro disse:

    Acho impressionante a resistência que as pessoas tem ao dízimo, e arrumam tudo quanto é tipo de desculpas para não dizimar, Acredito que muitos pastores tem parte de culpa nisto, por não administrarem com o devido Respeito, Só que vale Ressaltar que esta é uma parcela minima se comparado ao milhares de pastores honestos e comprometidos com Deus. não quero criar qualquer discussão sobre o assunto, só posso dizer que as pessoas só saberão oque é Devolver Dízimo, quando Devolverem o Dízimo!

    Eu posso dizer porque sou dizimista fiel e vejo o quanto Deus tem me abençoado com muita prosperidade! Prosperidade ao contrario do que muitos pensam não é só dinheiro! conheço muitas pessoas que ganham 1000 Reais que são muito mais prósperos do que outros que ganham 10.000! Eu não tenho carro Zero, Mas há anos não sei o que é andar de ônibus, Nunca fui Assaltado, Minha Casa nem meu carro nunca foram roubados, Meu Filho Pequeno tem uma saúde maravilhosa, não só ele mas eu e minha esposa também não sabemos o que é ir para um hospital, tenho um casamento que apesar de divergências, é muito bom e um lar com muita paz! será que é tudo obra do acaso???

    eu acho que não! e quando eu paro para analisar minha vida, vejo que 10% do meu salário ainda é pouco! respeito todas as opiniões, mas esta é minha! e respondendo ao irmão João que perguntou se pobre que tem conta pra pagar deve devolver o dizimo: em Marcos 12:41 – O próprio Jesus Vê uma viúva dando para o templo duas moedas que eram tudo que ela tinha para viver, e em hora nenhuma está escrito que Jesus mandou ela pegar de volta! pelo contrário, Jesus exaltou aquilo que ela entregou! e com certeza a abençoou! Abraços Amados, Fiquem na paz!

  • CESAR ALONSO CARRERA disse:

    A BÍBLIA DIZ E ENSINA, É SÓ LER E OBEDECER.
    Ajudar os necessitados: Como discípulos de Cristo, temos a responsabilidade de usar o nosso dinheiro para ajudar os necessitados. Generosidade faz parte do caráter do cristão verdadeiro. Devemos trabalhar para ter condições para ajudar outros (Efésios 4:28). Os que são abençoados com coisas materiais devem as usar para boas obras de caridade (1 Timóteo 6:17-18). Cada um de nós tem a responsabilidade de ajudar as viúvas e os órfãos (Tiago 1:27). Entre as coisas que Jesus vai examinar no julgamento é nossa benevolência para com outros (Mateus 25:35-46). Cada um responderá pelas coisas feitas nessa vida. Vamos meditar nos ensinamentos bíblicos para aprender como mostrar esse cuidado para os outros (leia Salmo 112:5-6; Mateus 19:21; 1 João 3:17). Sempre lembremos que o segundo grande mandamento é amar ao próximo (Mateus 22:39).LEIA A BÍBLIA MEUS IRMÃOS CRISTÃOS. DEIXEM DE DAR AMÉM A TUDO QUE OS PREGADORES DIZEM SEM TER CERTEZA. OSEIAS 4. 6 DEUS já deixa claro sobre estes que não leem e dizem AMÉM. FIQUEM NA PAZ.

  • Gleide Issacar disse:

    O Interessante que em meio aos questionamentos acerca das ordens e imperativos da parte de Deus para o HOMEM, todos esses chegam até nós como algo ofensivo, furtivo ou radical, todavia não questionamos os benefícios (as dádivas- ou seja, para os homens o que prevalecem é o venha a NÓS, mas ao nosso Reino Nada rsrsrsr- muito cuidado qto a isso, ó povo que não tem a mente de Cristo)… envoltos numa atmosfera do campo do egoísmo, esquecemo-mo-nos de que todas as ordens, mandamentos, preceitos bíblicos são para a nossa própria segurança, para que vivamos. Engraçado, que muitos de nós não questionamos acerca do bem que recebemos como: o ar que respiramos (é teu ou meu esse ar?), a terra que sustenta os nossos pés (é tua ou minha, ó homem (ns) de pouco entendimento – que não tem o Espírito Santo, porque se tivesse com certeza não estariam questionando a Lei e ordens do Deus Altíssimo); quem te dá SAÚDE, para te levantares da cama, e força e vigor para restaurar, quando na verdade, se tu ou eu não tiver esse bênçao da parte de Deus, logo, com certeza não teremos então que reclamar porque não a temos?…então, sobre o dízimo é o seguinte: este não foi instituído por homens, mas pelo próprio Deus, lá na Gênesis, com o patriarca e Pai da Fé Abrãao: pois qdo ele entregou os 10% de tudo o que conquistou na matança dos reis, nas mãos do SACERDOTE DO DEUS ALTÍSSIMO (REI DE SALÉM-QUER DIZER REI DE PAZ), O MELQUISEDEQUE- (REI DE JUSTIÇA), aquele ato de Abraão foi imputado por Deus como ato de paz e de justiça e de fé, visto que ele ainda nem sequer conhecia a Deus nem o seu poder, ao ponto de entregar tudo ao próprio Deus, sim, a Deus mesmo, Ó não sabes tu que estás lendo isso, que Melquisede que era o próprio Deus naquele momento? pois não tenha a menor dúvida, porque Ele é o Grande Eu Sou! Vamos em frente! Pois muito bem, e por esse ato nobre de Abrão, Ele recebeu um acréscimo de mais um fonema (letra) no interior de seu nome Abrã-(a)- o, e por causa da boa iniciativa de ele entregar seus ganhos ao Sacerdote Melquisedeque, ele foi condecorado com o Título de Pai da fé (até os dias de hoje seu nome é lembrado), e mais ainda, que nele todas as famílias da terra seriam abençoadas…então minha amiga e amigo que estão lendo esse post, caso vc nao tenha fé suficiente para crê nisso, então, eu te digo que seu problema de pobreza, de miséria e de dívida se concentra neste emaranhado de corda de dúvidas, acerca da Palavra Divina. Entregue ao Senhor com alegria aquilo que é dEle, porque o dia que ele decidir cortar os teus ganhos e fechar todas as portas, não quero tu vás até Ele com carinha e aspecto de cordeiro (a) humilhado(a), pedindo que Ele tenha misericórdia e compaixão de ti! Se tu não crês na Palavra na sua totalidade e tão pouco queres observá-la, logo tu também não tens o direito de se dirigir a Deus em busca das bênçaos e das promessas, visto que um dos critérios para tu e eu sermos abençoados é obedecer as Escrituras Sagradas. Caso contrário, vá buscar sabedoria do Alto para conhecer a Deus e seguir O conhecendo. O Homem perece por falto de conhecimento e conhecimento de Deus.
    Poderia escrever muito mais aqui, mas o conselho é: TEMA A DEUS E O AME, ASSIM TU NÃO PRECISARÁS DUVIDAR DA PALAVRA DELE!
    QUE O ESPÍRITO SANTO ABRA TEUS OLHOS ESPIRITUAIS E IMPLANTE A FÉ NA TUA VIDA! AMÉM!

    MISS. GLEIDE ISSACAR!

  • carlla eduarda disse:

    Um duvida… Por que O Novo Testamento desde Atos, silencia sobre mandamento de dízimos? (Paulo, Pedro,João..etc)/Sou cristã mas me pergunto até que ponto podemos criar doutrinas para a Igreja baseados apenas em textos do Antigo Testamento..Se o dizimo deve ser praticado pela Igreja Cristã mesmo sob o silencio dos Apóstolos, não se deveria tbm guardar o sábado?/ não é polemica..é dúvida mesmo.obrigada.

    • debora disse:

      Olá Carla,

      Agradecemos por nos escrever. Em resposta a sua pergunta:

      No N.T. não existe uma passagem Bíblica que mande dizimar; mas há passagens que confirmam. Não há nada no N.T. que rejeite a prática do dízimo. Entendemos que não foi necessário repetir de modo direto este mandamento porque era uma prática tão comum que não necessitava de lembrar as pessoas. (assim como a guarda do sábado). Como “não existe adoração sem oferta”, não foi preciso repetir.

      Alguns textos que mencionam o dízimo no Novo Testamento:

      A. HEBREUS 7:1-10.
      Neste texto há a menção do dízimo, mostrando que o apóstolo sabia sobre o assunto.
      “Existe uma continuidade sabática de dízimo no Novo Testamento”.
      Devemos adorar a Deus no dia que Ele escolheu e devolver aquilo que Ele pediu.

      B. Lucas 18:12: “Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho”.
      Neste contexto, Jesus condenou a justiça própria dos fariseus e não o ato de dizimar. Os fariseus usavam o dízimo como meio de adquirir a misericórdia de Deus.

      C. Mateus 23:23 – Lucas 11:42.
      “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” Mateus 23:23 – grifo meu.
      “Mas ai de vós, fariseus! Porque dais o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças e desprezais a justiça e o amor de Deus; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas”. Lucas 11:42 grifo meu.
      Jesus não disse aos fariseus para não dar o dízimo; Ele disse que eles deveriam “fazer estas coisas sem omitir aquelas”, praticar a justiça, a misericórdia e a fé juntamente com o ato de dizimar”.
      Jesus de modo claro confirmou a validade da prática de dizimar. Esta prática só terá valor se exercermos um bom caráter e nos lembrarmos de ajudar aos órfãos e necessitados. Dizimar sem demonstrar misericórdia para com o semelhante não é frutífero para a vida do cristão.

      Deus te abençoe!

  • Daiana disse:

    Estou frequentando a igreja de vês em quando mais estou um pouco confusa sobre essa parte de ter q dar 10% do nosso salário pra Deus. Como assim pra Deus a oferta ate concordo porque temos q ajudar já q vamos lá e usamos o espaço acho justa alguém pode me disser em q parte da bíblia esta dizendo q temos q dar 10% em dinheiro pra Deus?

    • André disse:

      Olá Daiana, Obrigado por entrar em contato.
      Antes de começar a gastar, devemos honrar a Deus dando-Lhe o que Lhe pertence primeiro. A Bíblia diz em Provérbios 3:9 “Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda.”
      Que parte do nosso salário pertence a Deus? A Bíblia diz em Levítico 27:30 “Também todos os dízimos da terra, quer dos cereais, quer do fruto das árvores, pertencem ao senhor; santos são ao Senhor.”
      Dar o dízimo é uma forma de aprender que Deus ocupa o primeiro lugar na nossa vida. A Bíblia diz em Deuteronômio 14:22-23 “Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo. E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus por todos os dias.”
      Como era o dízimo usado em Israel? A Bíblia diz em Números 18:21 “Eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo serviço que prestam, o serviço da tenda da revelação.”
      Cristo aprovou o dízimo. A Bíblia diz em Mateus 23:23 “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.”
      Que diz Paulo sobre como o ministério do evangelho será sustentado? A Bíblia diz em 1 Coríntios 9:13-14 “Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que servem ao altar, participam do altar? Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho.”
      Em que princípio se base-a a devolução do dízimo? A Bíblia diz em Salmos 24:1 “Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam.”
      De donde vêm as riquezas? A Bíblia diz em Deuteronômio 8:18 “Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê.”
      Além do dízimo que mais devemos trazer ao Seu santuário? A Bíblia diz em Salmos 96:8 “Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome; trazei oferendas, e entrai nos seus átrios.”
      Deus diz que quando não damos dízimos e ofertas, estamos roubando-Lhe. A Bíblia diz em Malaquias 3:8 “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.”
      Como sugere Deus que provemos as bençãos que Ele prometeu? A Bíblia diz em Malaquias 3:10 “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.”
      Dá com alegria como quem quer agradar a Deus. A Bíblia diz em 2 Coríntios 9:7 “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria.”
      Deus diz que o que damos deve refletir com honestidade o que recebemos. A Bíblia diz em Deuteronômio 16:17 “Cada qual oferecerá conforme puder, conforme a bênção que o Senhor teu Deus lhe houver dado.”

      Que Deus lhe abençoe, continue buscando aprender mais e mais da palavra de Deus.
      Seus amigos do Bíblia.com.br

  • Instrutor disse:

    Concordamos contigo que muitas igrejas bem banalizando sobre a questão do dízimo, o que devemos fazer realmente é buscar na Bíblia as orientações sempre não é verdade?
    O que pensa sobre isso?
    Conte sempre conosco, que Deus abençoe muito você, um grande abraço.

  • José Ricardo S Ramos disse:

    Este curso é da Igreja Adventista?

    • Instrutor disse:

      Pertence sim querido irmão e amigo, porém nosso grande objetivo é que todos se aproximem da Palavra do Senhor, conte sempre conosco, um grande abraço.

  • LUIZ PAULO disse:

    ESPERO QUE SAIBA QUE DÍZIMO NUNCA FOI DINHEIRO E SIM ALIMENTOS – DIZIMO,imposto que consistia no pagamento, á igreja ou a nobreza, da décima parte dos frutos colhidos. tem pastores que dizem que na época não havia dinheiro por isso usavam alimentos como dizimos, errado já existia sim GENESIS 22:16 > Tendo Abraão ouvido isso a Efrom, pesou-lhe a prata, de que este lhe falara diante dos filhos de hete, quatrocentos ciclos de prata, moeda corrente entre os mercadores. Agora é bem mais fácil nós pegarmos 10% do nossa salario e comprar em alimentos e levar para os pastores ajudarem os necessitados, e não cobrarem o absurdo de dinheiro levando pessoas a falência mentido que será abençoado pelo contrário está sendo amaldiçoado e esse dinheiro que eles arrecadam? nunca vi lider nenhum distribuir para os que estão passando necessidade, pelo contrario é construindo igrejas para poder enganar milhares de ovelhas, carrão do ano, mansões, fazenda etc… JESUS não pediu para ninguem construir igreja, ninguem tem coragem de fazer o que Jesus fez, pregar o evangelho ao ar livre, por que ele pregou a verdade, enquanto outros precisam de quatro paredes para poder enganar os seres humanos inocentes levando-os para o abismo.

    • Instrutor disse:

      Veja querido irmão e amigo, nem todas igrejas são iguais, nem todos Pastores também, é muito importante sabermos o que estamos fazendo, por exemplo, a Igreja Adventista deixa tudo muito transparente com relação ao dízimo, exatamente para que todos saibam que o dinheiro não é para enriquecer ninguém mas sim para contribuir na pregação do evangelho.
      Vivemos em um mundo completamente diferente da época de Cristo, precisamos nos atualizar para alcançar mais pessoas, por exemplo, é feito um trabalho maravilhoso de evangelismo pela internet, isso gera um custo, pela TV a mesma forma, se apenas pregarmos como naquela época, dificilmente alcançaríamos a todo o mundo, pois a população hoje em dia é muito maior.
      O grande problema é que vemos muitos casos em que o principal objetivo não é a pregação do evangelho mas sim o enriquecimento próprio, o que tem feito com que muitas pessoas não dizimem.
      Qual a sua opinião a respeito, que Deus abençoe muito você, um grande abraço.

Comente este artigo

Comente este artigo



Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações