Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d e f g h i j l m n o p q r s t u v x z

Gostaria de saber em que parte da Bíblia está falando sobre o dízimo, e que devemos dar a décima parte de tudo quanto ganhamos? CD

Primeiramente precisamos saber definir o que diz a palavra dízimo. No dicionário de língua portuguesa encontramos que dízimo significa do Lat. decimu, a décima parte.

Não podemos esquecer que tudo o que possuímos pertence a Deus. Somos somente seus mordomos! Quando entregamos o dízimo não estamos dando nada a Deus, estamos apenas devolvendo aquilo que pertence a Ele. Deus nos entrega 100% e pede que devolvamos apenas 10%. O objetivo principal do dízimo é tirar o egoísmo do nosso coração, e nos ajudar a colocar nossa confiança não no dinheiro mas em Deus.

Segue abaixo, alguns textos bíblicos que falam sobre o dízimo:

(Gênesis 14:20) – E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo

(Gênesis 28:22) – E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.

(Levítico 27:30) – Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR;
santas são ao SENHOR. (Nm 18:21; Dt 12:6; 14:28; 26:12)

(II Crônicas 31:5) – E, depois que se divulgou esta ordem, os filhos de Israel trouxeram muitas primícias de trigo, mosto, azeite, mel, e de todo o produto do campo; também os dízimos de tudo trouxeram em abundância. (Ne 10:38; 12:44; 13:12)

(Malaquias 3:10) – Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. (Mt 23:23; Lc 18:12)

Para mais esclarecimentos, faça um de nossos cursos bíblicos gratuitos. Você aprenderá mais sobre o dízimo, entre outros assuntos.

Comentarios

Este artigo teve "24 Comentários"

  • Pedro disse:

    Acho impressionante a resistência que as pessoas tem ao dízimo, e arrumam tudo quanto é tipo de desculpas para não dizimar, Acredito que muitos pastores tem parte de culpa nisto, por não administrarem com o devido Respeito, Só que vale Ressaltar que esta é uma parcela minima se comparado ao milhares de pastores honestos e comprometidos com Deus. não quero criar qualquer discussão sobre o assunto, só posso dizer que as pessoas só saberão oque é Devolver Dízimo, quando Devolverem o Dízimo!

    Eu posso dizer porque sou dizimista fiel e vejo o quanto Deus tem me abençoado com muita prosperidade! Prosperidade ao contrario do que muitos pensam não é só dinheiro! conheço muitas pessoas que ganham 1000 Reais que são muito mais prósperos do que outros que ganham 10.000! Eu não tenho carro Zero, Mas há anos não sei o que é andar de ônibus, Nunca fui Assaltado, Minha Casa nem meu carro nunca foram roubados, Meu Filho Pequeno tem uma saúde maravilhosa, não só ele mas eu e minha esposa também não sabemos o que é ir para um hospital, tenho um casamento que apesar de divergências, é muito bom e um lar com muita paz! será que é tudo obra do acaso???

    eu acho que não! e quando eu paro para analisar minha vida, vejo que 10% do meu salário ainda é pouco! respeito todas as opiniões, mas esta é minha! e respondendo ao irmão João que perguntou se pobre que tem conta pra pagar deve devolver o dizimo: em Marcos 12:41 – O próprio Jesus Vê uma viúva dando para o templo duas moedas que eram tudo que ela tinha para viver, e em hora nenhuma está escrito que Jesus mandou ela pegar de volta! pelo contrário, Jesus exaltou aquilo que ela entregou! e com certeza a abençoou! Abraços Amados, Fiquem na paz!

  • franscisco servio disse:

    fui dizimita 15 anos mais agora chegei pleno cohecimeto do dizimo lendo e estudando as escrituras. dizimos foi lei n 120 jesus cumpri e se voses quere abencoa a obra de DEUS der orfetas 2 co 9;7 se voceis querem comtinuar nesta lei leia primeiro pastoris tem que ser fiel tem que paga os poteiro as irmas que trabalar na obra de DEUS as viuvas os orfao os e procurando na biblia nao encontrei neum vesiculo que dis que o dizimo era dinheiro e se alguem em contra por favor me mostre .descupeme nao sei escrever de reito mais se ler amo a todos jesus tabem.

    • debora disse:

      Olá, Francisco!

      “ A palavra “dízimo” vem do termo hebraico “maasser” com o mesmo significado. Em sua raiz temos o termo “issaron” que significa “décima parte”; também o termo “´eser” que significa “dez” e o termo “´asar” que significa “dar o dízimo, dar a décima parte”. Na raiz anterior temos desta palavra um termo muito interessante que é “´asa” e que significa “fazer, fabricar, realizar” e também “ma´aseh” que significa “feito, obra”.
      Agora vamos analisar dois fatos:
      Dízimo na Bíblia é sinônimo de alimento, e isto é um fato!!
      Uma outra alegação é que o dízimo somente poderia ser entregue no templo em Jerusalém!
      Em primeiro lugar devemos buscar nas Escrituras a veracidade dos fatos, pois não podemos simplesmente dizer algo sem que haja provas cabais daquilo que se está afirmando. Se levarmos em conta somente a etimologia da palavra – mostrada acima – já veremos que esta alegação é descabida.
      Se dízimo é somente “alimento” então o Eterno deu um mandamento para Israel que nem todos poderiam cumprir! Ele estaria sendo então seletivo em sua “escolha”? Somente os fazendeiros e pecuaristas poderiam então dizimar? Teria o Eterno excluído do cumprimento desta mitsvá – mandamento – os demais israelitas?
      A primeira ocorrência da palavra “dízimo” nas Escrituras está num evento que “desmancha” esta teoria. Vejamos o que nos diz o texto: “E bendito seja o D-us Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo” Gn 14:20.
      Se todos nos lembramos da história, Abraão vai em busca de seu sobrinho Ló e de sua família além de trazer junto com eles os “espólios” da guerra. Parte destes espólios foram entregues como dízimo por Abraão.
      Mas o que eram estes espólios? A Torah nos explica que compunham de: “E tomaram todos os bens de Sodoma, e de Gomorra, e todo o seu mantimento e foram-se” Gn 14:11. Então os espólios eram os “bens de Sodoma e Gomorra” e todo o mantimento.
      Pelo texto a Torah diz que o dízimo foi dado de TUDO e não somente dos “alimentos” que estavam disponíveis ali como espólio de guerra.
      Uma outra ocorrência diz algo semelhante: “E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Elohim; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo” Gn 28:22.
      Neste caso, Jacó estava indo para a casa de Labão e quando teve um encontro com o Eterno ele lhe faz uma oração e lhe diz que daria o dízimo “e de tudo quanto me deres”. Ora, para mim “tudo” é tudo, incluindo dinheiro!

      Finalmente queremos mostrar que quando o Templo ainda estava de pé, eles agiam desta mesma forma: “E, depois que se divulgou esta ordem, os filhos de Israel trouxeram muitas primícias de trigo, mosto, azeite, mel, e de todo o produto do campo; também os dízimos de tudo trouxeram em abundância. E os filhos de Israel e de Judá, que habitavam nas cidades de Judá, também trouxeram dízimos dos bois e das ovelhas, e dízimos das coisas dedicadas que foram consagradas ao IHVH seu Elohim; e fizeram muitos montões” II Cr 31:5-6. No texto verificamos que os dízimos eram trazidos dos alimentos mas no mesmo verso diz-se que eram também trazidos “os dízimos de tudo” em abundância! Isso além de trazer também os dízimos das coisas dedicadas, com os quais fizeram “montões”. Imaginamos que os cereais e as frutas ainda poderiam ser colocados em “montões”, mas como fazer isso com os animais? Você imagina uma pilha de vacas ou ovelhas? Isso certamente seria difícil de imaginar!
      Portanto concluímos que seria impossível dizer que nas Escrituras os dízimos são somente dos “alimentos” ou dos animais do rebanho. Dízimo é o produto de qualquer coisa que se produz ou do fruto de uma realização qualquer, como por exemplo, o seu trabalho! (Vide etimologia da palavra).”

      É importante ter consciência de que o dízimo tem um propósito e não pertence ao pastor, ancião, sacerdote, mas a Deus. O Senhor deseja que você seja fiel a Ele, não por necessidade dEle, mas por que o ama; o amor deve motivar-lhe à fidelidade.
      Vale lembrar que:
      A nossa motivação ao devolver o dízimo não é conseguir bênçãos materiais de Deus, mas expressar gratidão e adoração pelas dádivas recebidas. Deus não faz troca com ninguém. Existem igrejas que ensinam a teologia da prosperidade, um tipo de barganha com Deus. Mas Deus não pode ser comparado a um fundo de investimento, não é essa a relação que Ele deseja ter com Seus filhos. O Senhor nos ensina a ofertarmos humildemente e em sinceridade, não por ostentação ou interesse (Lucas 21:1-4).

      Devolver o dízimo é um ato de adoração.
      Mesmo sendo o Dono de tudo, Deus confiou ao homem o gerenciamento da terra e dos seus recursos (Gênesis 1:28; 2:15). Os israelitas foram ensinados a adorar a Deus com o dízimo, ou seja, 10% de tudo o que se produzia. Abraão já tinha esse costume (Gênesis 14:18-20), que perdurou no Novo Testamento (Mateus 23:23; Hebreus 7:2). Além dos dízimos, as ofertas também são mencionadas (Êxodo 36:3; Deuteronômio 16:17, 1 Coríntios 16:2). Enquanto o dízimo aponta nossa fidelidade a Deus, as ofertas revelam nossa gratidão (2 Coríntios 9:5).

      Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos; Provérbios 3:9
      Então Jesus lhes disse: “Dêem a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. E ficaram admirados com ele. Marcos 12:17

      “A moeda tinha a imagem de César gravada, e por conseguinte pertencia a César. O homem leva sobre ele a imagem de Deus – Deus o criou à sua imagem (Gên. 1:26-27) – e portanto pertence a Deus. A conclusão inevitável é que, se o Estado permanece dentro de seus próprios limites e faz as demandas que lhe são próprias, o indivíduo deve lhe dar sua lealdade e seu serviço, mas em última análise tanto o Estado como o homem pertencem a Deus e, portanto, em um conflito entre as pretensões do Estado e Deus, a lealdade a Deus é a primeiro.” (Marcos, Willam Barclay)

      Paz!

  • CESAR ALONSO CARRERA disse:

    A BÍBLIA DIZ E ENSINA, É SÓ LER E OBEDECER.
    Ajudar os necessitados: Como discípulos de Cristo, temos a responsabilidade de usar o nosso dinheiro para ajudar os necessitados. Generosidade faz parte do caráter do cristão verdadeiro. Devemos trabalhar para ter condições para ajudar outros (Efésios 4:28). Os que são abençoados com coisas materiais devem as usar para boas obras de caridade (1 Timóteo 6:17-18). Cada um de nós tem a responsabilidade de ajudar as viúvas e os órfãos (Tiago 1:27). Entre as coisas que Jesus vai examinar no julgamento é nossa benevolência para com outros (Mateus 25:35-46). Cada um responderá pelas coisas feitas nessa vida. Vamos meditar nos ensinamentos bíblicos para aprender como mostrar esse cuidado para os outros (leia Salmo 112:5-6; Mateus 19:21; 1 João 3:17). Sempre lembremos que o segundo grande mandamento é amar ao próximo (Mateus 22:39).LEIA A BÍBLIA MEUS IRMÃOS CRISTÃOS. DEIXEM DE DAR AMÉM A TUDO QUE OS PREGADORES DIZEM SEM TER CERTEZA. OSEIAS 4. 6 DEUS já deixa claro sobre estes que não leem e dizem AMÉM. FIQUEM NA PAZ.

  • Gleide Issacar disse:

    O Interessante que em meio aos questionamentos acerca das ordens e imperativos da parte de Deus para o HOMEM, todos esses chegam até nós como algo ofensivo, furtivo ou radical, todavia não questionamos os benefícios (as dádivas- ou seja, para os homens o que prevalecem é o venha a NÓS, mas ao nosso Reino Nada rsrsrsr- muito cuidado qto a isso, ó povo que não tem a mente de Cristo)… envoltos numa atmosfera do campo do egoísmo, esquecemo-mo-nos de que todas as ordens, mandamentos, preceitos bíblicos são para a nossa própria segurança, para que vivamos. Engraçado, que muitos de nós não questionamos acerca do bem que recebemos como: o ar que respiramos (é teu ou meu esse ar?), a terra que sustenta os nossos pés (é tua ou minha, ó homem (ns) de pouco entendimento – que não tem o Espírito Santo, porque se tivesse com certeza não estariam questionando a Lei e ordens do Deus Altíssimo); quem te dá SAÚDE, para te levantares da cama, e força e vigor para restaurar, quando na verdade, se tu ou eu não tiver esse bênçao da parte de Deus, logo, com certeza não teremos então que reclamar porque não a temos?…então, sobre o dízimo é o seguinte: este não foi instituído por homens, mas pelo próprio Deus, lá na Gênesis, com o patriarca e Pai da Fé Abrãao: pois qdo ele entregou os 10% de tudo o que conquistou na matança dos reis, nas mãos do SACERDOTE DO DEUS ALTÍSSIMO (REI DE SALÉM-QUER DIZER REI DE PAZ), O MELQUISEDEQUE- (REI DE JUSTIÇA), aquele ato de Abraão foi imputado por Deus como ato de paz e de justiça e de fé, visto que ele ainda nem sequer conhecia a Deus nem o seu poder, ao ponto de entregar tudo ao próprio Deus, sim, a Deus mesmo, Ó não sabes tu que estás lendo isso, que Melquisede que era o próprio Deus naquele momento? pois não tenha a menor dúvida, porque Ele é o Grande Eu Sou! Vamos em frente! Pois muito bem, e por esse ato nobre de Abrão, Ele recebeu um acréscimo de mais um fonema (letra) no interior de seu nome Abrã-(a)- o, e por causa da boa iniciativa de ele entregar seus ganhos ao Sacerdote Melquisedeque, ele foi condecorado com o Título de Pai da fé (até os dias de hoje seu nome é lembrado), e mais ainda, que nele todas as famílias da terra seriam abençoadas…então minha amiga e amigo que estão lendo esse post, caso vc nao tenha fé suficiente para crê nisso, então, eu te digo que seu problema de pobreza, de miséria e de dívida se concentra neste emaranhado de corda de dúvidas, acerca da Palavra Divina. Entregue ao Senhor com alegria aquilo que é dEle, porque o dia que ele decidir cortar os teus ganhos e fechar todas as portas, não quero tu vás até Ele com carinha e aspecto de cordeiro (a) humilhado(a), pedindo que Ele tenha misericórdia e compaixão de ti! Se tu não crês na Palavra na sua totalidade e tão pouco queres observá-la, logo tu também não tens o direito de se dirigir a Deus em busca das bênçaos e das promessas, visto que um dos critérios para tu e eu sermos abençoados é obedecer as Escrituras Sagradas. Caso contrário, vá buscar sabedoria do Alto para conhecer a Deus e seguir O conhecendo. O Homem perece por falto de conhecimento e conhecimento de Deus.
    Poderia escrever muito mais aqui, mas o conselho é: TEMA A DEUS E O AME, ASSIM TU NÃO PRECISARÁS DUVIDAR DA PALAVRA DELE!
    QUE O ESPÍRITO SANTO ABRA TEUS OLHOS ESPIRITUAIS E IMPLANTE A FÉ NA TUA VIDA! AMÉM!

    MISS. GLEIDE ISSACAR!

  • carlla eduarda disse:

    Um duvida… Por que O Novo Testamento desde Atos, silencia sobre mandamento de dízimos? (Paulo, Pedro,João..etc)/Sou cristã mas me pergunto até que ponto podemos criar doutrinas para a Igreja baseados apenas em textos do Antigo Testamento..Se o dizimo deve ser praticado pela Igreja Cristã mesmo sob o silencio dos Apóstolos, não se deveria tbm guardar o sábado?/ não é polemica..é dúvida mesmo.obrigada.

    • debora disse:

      Olá Carla,

      Agradecemos por nos escrever. Em resposta a sua pergunta:

      No N.T. não existe uma passagem Bíblica que mande dizimar; mas há passagens que confirmam. Não há nada no N.T. que rejeite a prática do dízimo. Entendemos que não foi necessário repetir de modo direto este mandamento porque era uma prática tão comum que não necessitava de lembrar as pessoas. (assim como a guarda do sábado). Como “não existe adoração sem oferta”, não foi preciso repetir.

      Alguns textos que mencionam o dízimo no Novo Testamento:

      A. HEBREUS 7:1-10.
      Neste texto há a menção do dízimo, mostrando que o apóstolo sabia sobre o assunto.
      “Existe uma continuidade sabática de dízimo no Novo Testamento”.
      Devemos adorar a Deus no dia que Ele escolheu e devolver aquilo que Ele pediu.

      B. Lucas 18:12: “Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho”.
      Neste contexto, Jesus condenou a justiça própria dos fariseus e não o ato de dizimar. Os fariseus usavam o dízimo como meio de adquirir a misericórdia de Deus.

      C. Mateus 23:23 – Lucas 11:42.
      “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” Mateus 23:23 – grifo meu.
      “Mas ai de vós, fariseus! Porque dais o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças e desprezais a justiça e o amor de Deus; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas”. Lucas 11:42 grifo meu.
      Jesus não disse aos fariseus para não dar o dízimo; Ele disse que eles deveriam “fazer estas coisas sem omitir aquelas”, praticar a justiça, a misericórdia e a fé juntamente com o ato de dizimar”.
      Jesus de modo claro confirmou a validade da prática de dizimar. Esta prática só terá valor se exercermos um bom caráter e nos lembrarmos de ajudar aos órfãos e necessitados. Dizimar sem demonstrar misericórdia para com o semelhante não é frutífero para a vida do cristão.

      Deus te abençoe!

  • Nivaldo disse:

    bom dia,
    Sabe me dizer se o dinheiro foi feito por Deus ou ele é obra de satanás?

  • Daiana disse:

    Estou frequentando a igreja de vês em quando mais estou um pouco confusa sobre essa parte de ter q dar 10% do nosso salário pra Deus. Como assim pra Deus a oferta ate concordo porque temos q ajudar já q vamos lá e usamos o espaço acho justa alguém pode me disser em q parte da bíblia esta dizendo q temos q dar 10% em dinheiro pra Deus?

    • André disse:

      Olá Daiana, Obrigado por entrar em contato.
      Antes de começar a gastar, devemos honrar a Deus dando-Lhe o que Lhe pertence primeiro. A Bíblia diz em Provérbios 3:9 “Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda.”
      Que parte do nosso salário pertence a Deus? A Bíblia diz em Levítico 27:30 “Também todos os dízimos da terra, quer dos cereais, quer do fruto das árvores, pertencem ao senhor; santos são ao Senhor.”
      Dar o dízimo é uma forma de aprender que Deus ocupa o primeiro lugar na nossa vida. A Bíblia diz em Deuteronômio 14:22-23 “Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo. E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus por todos os dias.”
      Como era o dízimo usado em Israel? A Bíblia diz em Números 18:21 “Eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo serviço que prestam, o serviço da tenda da revelação.”
      Cristo aprovou o dízimo. A Bíblia diz em Mateus 23:23 “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.”
      Que diz Paulo sobre como o ministério do evangelho será sustentado? A Bíblia diz em 1 Coríntios 9:13-14 “Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que servem ao altar, participam do altar? Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho.”
      Em que princípio se base-a a devolução do dízimo? A Bíblia diz em Salmos 24:1 “Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam.”
      De donde vêm as riquezas? A Bíblia diz em Deuteronômio 8:18 “Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê.”
      Além do dízimo que mais devemos trazer ao Seu santuário? A Bíblia diz em Salmos 96:8 “Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome; trazei oferendas, e entrai nos seus átrios.”
      Deus diz que quando não damos dízimos e ofertas, estamos roubando-Lhe. A Bíblia diz em Malaquias 3:8 “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.”
      Como sugere Deus que provemos as bençãos que Ele prometeu? A Bíblia diz em Malaquias 3:10 “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.”
      Dá com alegria como quem quer agradar a Deus. A Bíblia diz em 2 Coríntios 9:7 “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria.”
      Deus diz que o que damos deve refletir com honestidade o que recebemos. A Bíblia diz em Deuteronômio 16:17 “Cada qual oferecerá conforme puder, conforme a bênção que o Senhor teu Deus lhe houver dado.”

      Que Deus lhe abençoe, continue buscando aprender mais e mais da palavra de Deus.
      Seus amigos do Bíblia.com.br

  • sonia disse:

    sou nova convertida e ainda nao sou dizimista mas vejo deus operar na vida dos fieis minha igreja nao prega prosperidade so usa o dizimo porque e biblico e pensando bem como ira levar o evangelho sem divulgaçao tudo hoje em dia e pago radio tv jornais e pra isso que e usado do dizimo agora aquele que uso para si mesmos nao vamos nos preocupar depois deus os julgara vamos fazer a nossa parte e isso que deus quere hoje nao e so a igreja evangelica que pede dizimo a catolica tambem pede e olha que eles nem usam tantas formas de evangelizar vcs falam dos pastores mas e os padres o que eles fazem com o dinheiro o padre do meu bairro tem casa chique carro zero bebe vinho todo final de semana e ai isso e certo vamos fazer o que deus pede porque se ficarmos reparando o proximo acabamos nos afastando de deus.

  • João disse:

    e se um irmão não tem como dar os 10 porsento de seu salario e tem ele q pagar conta ele é obrigado a deicha de pagar e ficar com divida acumulada so pra ele se vira pagar a igreja, vc acha isso certo.
    Vcs estão so pensando no dinheiro, mas a pessoa q quer escutar a palavra e reseber a grasa de Deus, para sair da divida ou algo mas!

    • Instrutor disse:

      Veja querido irmão, exatamente por isso, que é necessário termos um planejamento financeiro, para que consigamos com o que recebemos ajudar na obra do Senhor e também não ficarmos endividados, saiba que no início pode até ser complicado, mas Deus está sempre ao seu lado irmão.Aguardaremos sua opinião sobre o assunto, saiba que pode contar sempre conosco, Deus te ama muito e tem lindos planos para você, um grande abraço.

  • Erivaldo disse:

    Instrutor- Voce diz que o DIZIMO deve ser entregue à IGREJA? Onde está escrito isso, não é verdade biblica= DIZIMOS devem ser entregues aos= TRIBO de LEVE porque está escrito= Num.18;21 – Josué.18;7. Num;18;24. Instrutor- DIZIMOS ERAM ENTREGUES AOS DA TRIBO DE LEVI, as outras 11 tribos não pegava DIZIMOS do povo de ISRAEL, más te pergunto JESUS era de que TRIBO? Heb.7;14- JUDÁ e nessa tribo não havia ordem para o SACERDOCIO, logicamente JESUS não poderia tomar DIZIMOS do POVO certo? Na epoca de Jesus existia 2 (dois SACERDOTES) pertencentes à TRIBO de JUDÁ- CAIFÁS e ANÁS- Eles ainda estavam vivendo a LEI de DIZIMOS, Jesus vivo ainda não era o SUMO SACERDOTE, más ao morrer na cruz -Efe.2;15 JESUS cria um HOMEM – IGREJA, Instrutor quando JESUS morre ELE agora é O SACERDOTE e não mais CAIFÁS, ANÁS- Heb.9;11. DIZIMOS é ORDENANÇA para quem? Mal.4.4 ISRAEL.

    • Instrutor disse:

      Veja querido irmão e amigo, se analisarmos que para a volta de Cristo, falta apenas a pregação do evangelho a todo o mundo, te pergunto, como fazer isso nos dias de hoje onde tudo que for feito necessita de dinheiro?
      Por exemplo, como fazer materiais de estudos que são distribuídos gratuitamente, como manter uma TV sem que tenha propaganda comercial, sem que o dízimo fosse entregue?
      Com certeza a volta de Cristo é certa, mas devemos fazer a nossa parte irmão, o que satanás deseja é justamente isso e esta é a grande estratégia de satanás, fazer com que as vontades de Deus sejam colocadas como dúvida para que a volta de Cristo leve mais tempo para acontecer, o que acha sobre isso?
      Estamos muito felizes em poder conversar com você, conte sempre conosco, que Deus ilumine muito a sua vida, um grande abraço.

  • mOISES disse:

    Amados no novo testamento Paulo na maioria das vezes pedia coletas não dizimo e nem,ofertas eram coletas em sua maioria para a necessidade dos santos 1 o que entendemos com necessidade dos santos??
    o povo que passava necessidade com comida bebida e talves ate morada esse povvo era beneficiado com as coletas e poucas veses ele pediu para viajar e nenhuma vez ele pede essas coletas para contruir templos feito por homens e o mesmo pregava tanto em locais publicos como em casas e nunca pediram 1 centavo para construir templos ate porque esta escrito:17:24 O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;
    1 Coríntios
    3:16 ¶ Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?
    então templos e moradas somos nos então comoo templos hoje prioridade é os santos como Paulo fala! e porque hoje é o ultimo caso??
    o homen no ultimo caso lembra de alimentar os santos! e lembra primeiro dos templos sabendo se que poderia fazer os cultos nas propias casas dos irmãos??ou ate nas praças e nas ruas?? seria ate impactante?? mas preferen em suas denominaçoes! enquanto membros dessas denominaçoes estão na maioria das vezes muitos passando necessidades e eles estão preuculpados em lavantar mas templos com a desculpa da espansão do evangelho mas quem vai subir as paredes ou os santos??
    a biblia diz que vendiam suas propiedades em atos e repartiam com quem nao tinha e todos viviam em igualdade?? não falavam como eles pregam hoje se vç vender o que tem tem que tirar primeiro o dizimo não é assim que esta na escritura em atos! esta vendiam tudo, e davam pra quem não tinha que esta certo, SO QUE HOJE TEMOS OS PAPAS EVANGELICOS QUE COMO ANTES NÃO VALE O QUE ESTA ESCRITO NA PALAVRA E SIM O QUE ELES ACHAM QUE É CERTO! COMO DIZEM EM MALAQUIAS QUE É O POVO QUE ESTA ROUBANDO A DEUS E SE NOAS PARARMOS PARA ESTUDAR NÃO SO MALQ3;10 MAS SIM TODO MALAQUIAS CAP 3(COMPLETO ) VEMOS QUE QUEM ESTRA ROUBANDO A DEUS SÃO OS SACERDOTES!

    • Instrutor disse:

      Concordamos contigo que muitas igrejas bem banalizando sobre a questão do dízimo, o que devemos fazer realmente é buscar na Bíblia as orientações sempre não é verdade?
      O que pensa sobre isso?
      Conte sempre conosco, que Deus abençoe muito você, um grande abraço.

  • JOAO MOURA disse:

    NÃO CONSIGO LER EM LUGAR ALGUM QUE PRECISO DAR ( DEVOLVER) O DIZIMO PARA NENHUMA IGREJA, MAS SIM A DEUS. ISSO POSTO. EU ENTENDO QUE POSSO FAZE_LO AS PESSOAS NECESSITADAS.A BIBLIA ME ENSINA QUE DEVO AMAR O MEU IRMÃO ASSIM COMO DEUS FEZ AO MUNDO.ASSIM SENDO AS IGREJAS ESTÃO FICANDO CADA VEZ MAIS RICAS EM OURO E POBRE DE ESPIRITO.

    • Instrutor disse:

      Infelizmente hoje em dia muitas pessoas estão deixando de dizimar exatamente por este motivo querido irmão, realente é algo muito delicado o que vem acontecendo e isso ocorre porque o plano de Deus para o dízimo é a pregaçãoo do evangelho, além é claro de ajudar aos mais necessitados, porém, o que vemos é exatamente o contrário, não é mesmo?
      O sistema de dízimos aprovado pela Bíblia tem como objetivo a manutenção dos pastores de tempo integral e dedicação exclusiva à pregação do evangelho (I Coríntios 9:14). O dízimo deve ser entregue à igreja (Malaquias 3:10), que estabelece uma base salarial única e remunera seus pastores de modo equitativo, de maneira que o pastor de uma igreja pequena ganhe igual ao de uma grande, ou seja , sem diferença alguma.
      É muito importante termos um relacionamento próximo com Deus, converse sempre com Ele, que irá te orientar no melhor e único caminho que temos a percorrer, conte sempre conosco, um grande abraço.

  • Rogerio Lázaro disse:

    “Deus nos entrega 100% e pede que devolvamos apenas 10%.”
    Onde, textualmente e de forma contextual, encontramos Deus pedindo que devolvamos 10% de nossos rendimentos?
    Ah… Antes que seja indicado o texto de Malaquias 3 (o preferido dos preferidos) temos por obrigação dizer TODA a verdade, ou seja, para sermos verdadeiros temos que ver TODO o contexto. O texto de Malaquias 3 tem início no capítulo 2 e, analisando TODO o conteúdo veremos que os ladrões não são as ovelhas que não estariam levando o dízimo e as ofertas e, sim, os SACERDOTES que desviavam o que era levado pelo povo. Isso não é “ensinado” pela liderança! A outra questão é que os dízimos NÃO ERAM DINHEIRO, porém o produto da terra. NÃO SÃO E NUNCA FORAM DINHEIRO! E o dinheiro já existia, como referenciado desde o Pentateuco. A Casa do Tesouro da qual fala Malaquias NÃO ERA O TEMPLO PROPRIAMENTE DITO, mas era exatamente um depósito. Por este motivo que é dito na referida passagem que os dízimos (produtos alimentícios) deveriam ser levados para a Casa do Tesouro (depósito anexo ao Templo) para que houvesse MANTIMENTO. E esse mantimento, segundo o propósito divino, ERA PARA SER DISTRIBUÍDO PARA OS NECESSITADOS (órfãos, viúvas, etc). Porém, hoje em dia, as igrejas arrecadam (indevidamente) o dízimo e, quando se propõem a fazer alguma obra social, fazem “campanhas” (ou algo do gênero) para levantar fundos para a obra social. Interessante, não? E o dízimo? Para onde foi? É dito por aí, pelas lideranças eclesiásticas, que o dízimo é fundamental para que a Palavra de DEUS seja pregada entre as nações, mas EM NENHUM LUGAR DA BÍBLIA VEMOS A PREGAÇÃO DO EVANGELHO CONDICIONADA À ARRECADAÇÃO DE DÍZIMOS.

  • José Ricardo S Ramos disse:

    Este curso é da Igreja Adventista?

    • Instrutor disse:

      Pertence sim querido irmão e amigo, porém nosso grande objetivo é que todos se aproximem da Palavra do Senhor, conte sempre conosco, um grande abraço.

  • LUIZ PAULO disse:

    ESPERO QUE SAIBA QUE DÍZIMO NUNCA FOI DINHEIRO E SIM ALIMENTOS – DIZIMO,imposto que consistia no pagamento, á igreja ou a nobreza, da décima parte dos frutos colhidos. tem pastores que dizem que na época não havia dinheiro por isso usavam alimentos como dizimos, errado já existia sim GENESIS 22:16 > Tendo Abraão ouvido isso a Efrom, pesou-lhe a prata, de que este lhe falara diante dos filhos de hete, quatrocentos ciclos de prata, moeda corrente entre os mercadores. Agora é bem mais fácil nós pegarmos 10% do nossa salario e comprar em alimentos e levar para os pastores ajudarem os necessitados, e não cobrarem o absurdo de dinheiro levando pessoas a falência mentido que será abençoado pelo contrário está sendo amaldiçoado e esse dinheiro que eles arrecadam? nunca vi lider nenhum distribuir para os que estão passando necessidade, pelo contrario é construindo igrejas para poder enganar milhares de ovelhas, carrão do ano, mansões, fazenda etc… JESUS não pediu para ninguem construir igreja, ninguem tem coragem de fazer o que Jesus fez, pregar o evangelho ao ar livre, por que ele pregou a verdade, enquanto outros precisam de quatro paredes para poder enganar os seres humanos inocentes levando-os para o abismo.

    • Instrutor disse:

      Veja querido irmão e amigo, nem todas igrejas são iguais, nem todos Pastores também, é muito importante sabermos o que estamos fazendo, por exemplo, a Igreja Adventista deixa tudo muito transparente com relação ao dízimo, exatamente para que todos saibam que o dinheiro não é para enriquecer ninguém mas sim para contribuir na pregação do evangelho.
      Vivemos em um mundo completamente diferente da época de Cristo, precisamos nos atualizar para alcançar mais pessoas, por exemplo, é feito um trabalho maravilhoso de evangelismo pela internet, isso gera um custo, pela TV a mesma forma, se apenas pregarmos como naquela época, dificilmente alcançaríamos a todo o mundo, pois a população hoje em dia é muito maior.
      O grande problema é que vemos muitos casos em que o principal objetivo não é a pregação do evangelho mas sim o enriquecimento próprio, o que tem feito com que muitas pessoas não dizimem.
      Qual a sua opinião a respeito, que Deus abençoe muito você, um grande abraço.

Comente este artigo

Comente este artigo