Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d f g h i j l m n o p q r s t u v x z

Como cuidar de uma pessoa em depressão? CL

Para cuidar de uma pessoa em depressão é necessário muito amor e, principalmente, muita paciência. Demonstre que você está, de fato, querendo ajudar, que a ama e quer vê-la feliz. Não é fácil. Às vezes, dá a impressão de que nossa ajuda não está favorecendo; mas persista.

Há momentos em que não é necessário falar. O fato de você estar ao lado da pessoa já é de grande importância. Ore, leia a Bíblia e diga que as vidas emocional e espiritual andam juntas. É necessário cuidar do emocional e também do espiritual.

Muitas vezes a pessoa está sem vontade de orar de ler a Bíblia, por isso é necessário ajudar na alimentação espiritual. Sabe, como um bebê, dar o alimento na boca, isso é, ler e orar com a pessoa.

Abaixo seguem algumas sugestões deixadas pelo psicólogo clínico Adami Gabriel sobre os cuidados que uma pessoa em depressão deve ter com saúde:

1) Exercício físico diário (do tipo aeróbico, que aumenta a freqüência cardiorrespiratória): ideal ao acordar. Tempo: 1 hora (caminhada, natação ou ciclismo). O exercício físico, quando feito diariamente, aumenta a produção de betaendorfina e encefalinas; opiáceos naturais que dão sensação de bem-estar e disposição; combate a dor, melhoram o aprendizado e o vigor.

2) Sono ideal: horário máximo para dormir: 22 horas. A parte mais nobre do sono acontece entre as 23 horas e 3 horas da manhã. Máximo para acordar: 6 horas. Após esse horário, aumenta o sono REM, que é o sono de sonhar, desvitalizador e depressivo. Não dormir durante o dia ou aos fins de semana, pois esse sono, ao invés de descansar, cansa. À noite, quanto mais escuro e silencioso o ambiente, melhor o sono. Mas logo pela manhã a claridade é essencial.

3) Exposição à luz solar: do início da manhã ou final da tarde, que promove aumento da produção de melatonina, substância reguladora do ciclo sono/vigília e do humor humano.

4) Evitar atividades excitantes (esportes, TV, internet, telefonemas, discussões) 1 hora antes de dormir, dando preferência a atividades relaxantes (música, relaxamento, etc).

5) Repouso de 40 minutos após o almoço para quebrar o ciclo bifásico sono/vigília.

6) Banho de morno a frio pela manhã, promovendo melhoria no despertar pelo choque térmico, ou banho quente à noite, que provoca vaso dilatação, ajudando a relaxar e facilitando a conciliação do sono.

7) Evitar excesso de informações do tipo: TV, jornais, revistas, rádio, internet, etc. O excesso de estímulo fotoelétrico provocado por grande exposição às telas é excitante e causa stress cerebral. Além da ênfase negativista das informações, há risco de vício de informação. Ler mais de dois jornais ou assistir a mais de dois telejornais por dia aumentam a irritabilidade e a agressividade.

8) Ter maior disponibilidade de tempo para relacionamentos familiares e sociais.

9) Busca de atividades profissionais, esportivas, encontros e reuniões que constituam momentos de PRAZER, que é o combustível da vida.

10) Buscar ambientes abertos (praças, paisagens onde existam mata, montanha, rio, mar, lagoa, etc.) para descanso. Ambientes fechados e atividades em apartamentos (TV, computador, vídeo-games, sons altos, etc.) são estressantes e viciam (tecnofilia).

11) Investir em lazer nos finais de semana, férias, etc., saindo da rotina (casa/trabalho) como meio de resgatar a tranqüilidade. Lazer é fundamental e se faz com criatividade, buscando novidades. Para as férias, o tempo mínimo é de 21 dias. 15 dias não são suficientes para descansar, pois não há quebra do ciclo de trabalho e já ocorrem preocupações com o retorno. Por outro lado, o tempo máximo para as férias é de 45 dias. Com mais de 6 semanas perde-se o ritmo anterior de trabalho e há possibilidade de aversão ao retorno.

12) Evitar muita exposição à ambientação artificial ( ar condicionado, carpetes, vidro fumê, luz diurna artificial, etc.), pois comprovou-se que esse tipo de ambiente provoca desgaste físico e psicológico, irritação, problemas alérgicos, infecções das vias aéreas, dor de cabeça, stress e até depressão.

13) Investir em hobbies (costura, pintura, jardinagem, etc.), desviando o pensamento de preocupações rotineiras, melhorando o relaxamento.

14) Após as l8 horas, evitar alimentos pesados, jantar, carnes vermelhas, frituras, etc., que prejudicam o aprofundamento e as fases do sono, causam pesadelos, fazendo com que o sono seja insatisfatório. Depois desse horário, dar preferência para lanches leves, sopas, massas, etc.

15) Uso de vitamina C (2 g/dia – ex: Cebion, Redoxon ou suco de laranja e acerola) e vitamina E (400 mg/dia – ex: Ephynal ou vitaminas E 400 Mg importadas), diariamente após exercício físico.

16) Evitar alimentos estimulantes: do tipo guaraná em pó, ginseng, catuaba, café, que são excitantes e interferem na qualidade do sono. Apesar de aumentarem a vitalidade, desencadeiam quadros ansiosos e depressivos.

17) Não usar anfetaminas (remédios para emagrecer) que dão irritabilidade, insônia, agressividade e depressão. Mesmo a espirulina, usada em fórmulas homeopáticas, é depressora para algumas pessoas.

18) Não usar bebida alcoólica, principalmente no início do tratamento com antidepressivos! O ideal seria não beber! Após o efeito excitante e desinibidor, a bebida alcoólica produz depressão em nível bioquímico cerebral. O intervalo de uma semana entre uso de bebidas permite o reajuste das funções bioelétricas e bioquímicas do cérebro.

19) Não fumar. Além dos prejuízos pulmonares e cardiovasculares, a nicotina está ligada a modificações no humor, tais como ansiedade e depressão.

20) Eliminar cafeína: café, refrigerantes em geral (principalmente Coca e Pepsi), chocolates e derivados do cacau, chá-mate ou preto. A cafeína provoca hiperatividade cerebral, altera as fases do sono, causa irritabilidade e stress.

21) Uso freqüente de folhas verdes como: couve, alface e outras, pois elas contêm o Tryptofano, substância fundamental para a produção de neurotransmissor cerebral, a serotonina, que regula humor, pensamento e ação.

22) Beber no mínimo 2 litros de água por dia, evitando a desidratação celular que provoca stress em nível cerebral.

Viu só? Existe saída, sim!

Os Deprimidos:

* São pessoas menos competentes para resolver problemas interpessoais.

* Nas relações interpessoais são mais egocentrados e falam em tom negativo para transmitir sua falta de auto-estima, seu pesar e desvalor.

* Apresentam mais conflitos, tensão e expressões negativas para com seus cônjuges.

* A hostilidade é um fator freqüente no padrão de interação.

* São mais tristes e irascíveis.

* Tendem a perceber ao cônjuge como mais negativo, hostil e desapegado.

Solange Vechi
EQUIPE DE CONSELHEIROS BÍBLIA ONLINE

Mais itens relacionados

Comentarios

Este artigo teve "17 Comentários"

  • luiza disse:

    Bom Dia! tenho uma amiga que sofre COM depressão e gostaria de saber como ajuda-la, ela já é uma senhora e teve seu casamento desfeito no inicio de sua depressão vive atualmente com as filhas, mas continua em estado depressivo, toma medicamentos mas não resolve ai participo da mesma igreja que ela e sinto que preciso ajuda-la mas não sei como gostaria de orientação aguardo resposta nesse email

  • Sandra Pereira da Silva disse:

    Olá, parabenizo à todos os envolvidos por este artigo muito útil. Tenho uma pessoa que é muito especial para mim e que infelizmente sofre com esta doença… Antes já fazia algo para ajudá-lá, mas agira fui iluminada com o que de fato fazer e sei que entre tudo está a fé e o auxílio de Deus, pois aonde Deus atua sempre há boas mudanças. Peço oração para Ismael… Grata, fiquem com Deus.

  • Adriano disse:

    Oi Tudo bem?
    Parabéns pelo artigo, vai me ajudar a ajudar minha mãe! Deus continue abençoando voces!

  • MARCIA disse:

    Boa tarde.
    Sofro com a depressão a alguns anos tomo remédio mas nada faz efeito,sou evangélica mas na igreja não tenho ajuda pois acham que se não venço a depressão é porque não me posiciono em Deus para receber cura. Vivo escondida da igreja e de minha familia pois apesar de todos serem evangélicos não aceitão que um crente sofra deste mal.Estou desesperada e preciso de ajuda ,cada manhã que chega é terrivel para mim,não sei a quem pedir ajuda nem oque fazer. Aguardo uma resposta.Obrigado.

    • Administrador disse:

      Marcia, a depressão é uma doença como outras e não poupa os cristãos. O profeta Elias, Jeremias e outros tiveram os mesmos problemas. A falta de compreensão da sua família e igreja devem ser perdoadas porque lhe falta conhecimento. Procure uma outra igreja que possa te ajudar e siga no seu tratamento. Deus está cuidando de você.

      1 – Deus está conosco. “Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois Sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa” (Isaías 41:10).
      2 – Apesar das lutas, não seremos destruídos. “De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos” (II Coríntios 4:8-9).
      3 – Deus ouve quando clamamos a Ele. “Na minha aflição clamei ao Senhor; gritei por socorro ao meu Deus. Do Seu santo templo Ele ouviu a minha voz; meu grito chegou à Sua presença, aos Seus ouvidos” (Salmo 18:6).
      4 – O Senhor será uma luz para nós o tempo todo. “O povo que caminhava em trevas viu uma grande luz; sobre os que viviam na terra da sombra da morte raiou uma luz” (Isaías 9:2).
      5 – Deus nos tirará das trevas. “Tu és a minha lâmpada, ó Senhor! O Senhor ilumina-me nas trevas” (II Samuel 22:29).
      6 – Deus deseja que confiemos nEle. “Quem entre vocês teme o Senhor e obedece à palavra de seu servo? Que aquele que anda no escuro, que não tem luz alguma, confie no nome do Senhor e se apoie em seu Deus” (Isaías 50:10).
      7 – Jesus entende nossa tristeza. Jesus “foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de dores e experimentado no sofrimento” (Isaías 53:3).
      8 – A presença de Deus nos salvará. “Em toda a aflição do seu povo Ele também se afligiu, e o anjo da Sua presença os salvou. Em Seu amor e em Sua misericórdia Ele os resgatou; foi Ele que sempre os levantou e os conduziu nos dias passados” (Isaías 63:9).
      9 – Precisamos continuar a orar. “Dá atenção ao meu clamor, pois estou muito abatido; livra-me dos que me perseguem, pois são mais fortes do que eu” (Salmo 142:6).
      10 – Jesus tem mais bênçãos para nós. Jesus disse: “O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir; Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (João 10:10).

  • elisabete disse:

    Boa tarde
    eu já passei por uma depressão sofri muito e fiz sofrer a minha familia, passei por um internamento. Durante esse periodo perdi o meu emprego e fiquei com a minha familia mais afastada de mim. actualmente não estou a fazer medicação mas tenho -me sentido muito triste, sem vontade de fazer nada mesmo aquilo que antes me dava satisfação em fazer hoje para o fazer é com muito esforço, não tenho também apetite de comer emagreci sinto me fraca sem energia e a minha cabeça as vezes não para de pensar.não sei o que fazer.antes de ter a depressão sentia que Deus estava mais presente na minha vida e que me ajudava mais agora não sinto -me muito revoltada e as vezes contra Deus mesmo.será que me podiam ajudar?
    obrigada

    • Instrutor disse:

      Olá querida irmã ELISABETE, estaremos entrando em contato com voc6e por e-mail para podermos conversar melhor sobre o assunto e podermos te orientar a respeito, que Deus derrame poderosas bênçãos sobre sua vida, Jesus jamais irá te deixar só, Ele te escolheu e entregou Sua vida pelo imenso amor que tem por você, conte sempre conosco um grande abraço dos seus amigos do Bíblia.

  • cristiana disse:

    Material sobre depressão

  • Samanta disse:

    Olá, gostei muito de ler esse artigo, pois estou desesperada e sei que só Jesus poderá entrar nessa causa; minha mãe encontrasse muito depressiva, a anos faz tratamento com psiquiatras mas não resolve ela não vai mais a igreja e se recusa a receber cuidados, já trouxe ela pra minha casa tentei ajuda la varias vezes mas ela so fica deitada e agora nem quer mas comer, ela é nova tem 50 anos e perdeu totalmente a vontade de viver já se internou mas também não adiantou, não sei mas oque fazer e me sinto frustrada e incopetente mediante tudo isso!!Alguém pode me ajudar como devo agir?
    Muito abrigada!!!Abraços!!!

    • Instrutor disse:

      Claro querida irmã e amiga, será uma alegria enorme podermos conversar contigo. Nos diga uma coisa, sua mãe aceitaria conversar conosco também? Estaremos entrando em contato por e-mail para conversarmos melhor, conte sempre conosco, que Deus te abençoe muito, um grande abraço.

  • P C. B disse:

    O artigo é de excelente qualidade, sem contar que é uma verdadeira aula para quem está vivenciando problemas parecidos com os abordados. A depressão é o mal do milênio e só muita fé, coragem e ajuda de Deus,familiares, amigos e pessoas com vocês poderemos superar. Li e vou me adequar às dicas. logo entrarei em contato novamente para comentarmos o resultado
    Parabéns pelo artigo!
    Abraços

    • Instrutor disse:

      Deus seja louvado, conte sempre conosco, será uma alegria enorme podermos conversar contigo, que Deus abençoe e ilumine muito a sua vida, um grande abraço.

  • Instrutor disse:

    Ok querida irmã, entramos em contato com você por e-mail e retiramos o que havia escrito, enviarei o comentário que havíamos feito por e-mail também, conte sempre conosco, um grande abraço.

  • Instrutor disse:

    Olá querida irmã, ficamos muito felizes em poder conversar contigo sobre esta questão. Veja, a melhor coisa para vocês é se aproximarem de Deus juntos, estudem a Bíblia e orem diariamente, desta forma, ocorrerá uma transformação total na vida de ambos e tudo que foi afetado por fatos passados pode desaparecer, o que acha disso?
    Vocês já conversaram sobre a questão do retorno do relacionamento?
    Entraremos em contato contigo para podermos conversar melhor e podermos te ajudar, conte sempre conosco, que Deus abençoe muito vocês, um grande abraço.

  • Excelente artigo! Sou mestranda em ciências da educação com foco em psicanálise e futuramente farei doutorado. Em nome de JESUS serei psicanalista clínico e já faço parte de um grupo de aconselhamento da minha igreja. Tenho encontrado várias pessoas portadoras dos males da alma.Certamente só através dos cuidados com o espírito é que o físico responderá.Que Deus continue a inspirá-los. A paz do Senhor esteja com vocês!!!

  • JUPIRA ARAUJO disse:

    SOU CASADA A 10 ANOS E MEU MARIDO ENCONTRA-SE BASTANTE DEPRESSIVO. E COM ISSO TB ESTOU BASTANTE STRESSADA. O QUE POSSO FAZER COMO TRATAMENTO PARA MIM, QUE TENHO QUE LIDAR COM A DEPRESSAO DELE E CUIDAR? SOU EVANGELICA , ESTOU UM POUCO AFASTADA DA CASA DO SENHOR DEVIDO A ESSES PROBLEMAS.

    • Instrutor disse:

      Olá querida irmã, será uma alegria enorme pdoer ajudar vocês nesta questão, é um momento muto delicado que vocês estão passando, a melhor coisa a fazer é ter um relacionamento maior com Deus, estudar a Bíblia e orar diariamente, desta forma encontraremos a paz necessária.
      Com relação a todas dificuldades que encontramos na vida, Jesus nos diz:
      “Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”, de acordo com Mateus 6:33, isso significa que o dinheiro é bom a saúde, o poder, a fama, família, tudo isso sem Deus não vale nada e também é por este motivo que se ficarmos distantes nos falta algo, veja o que está escrito em Mateus 11:28:
      “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados e Eu vos aliviarei”.
      Gostaríamos de ajudar vocês, entraremos em contato para podermos conversar melhor sobre isso, conte sempre conosco, que Deus abençoe e ilumine a vida de vocês, um grande abraço.

Comente este artigo

Comente este artigo


Current ye@r *