Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d e f g h i j l m n o p q r s t u v x z

O que quer dizer apostasia? Sempre que leio não entendo.

O que é apostasia?

Veja a seguir dois conceitos extraídos do cd-Rom Bíblia On-line (Sociedade Bíblica do Brasil):

1) Negação e abandono da fé (1Tm 4.1; 2Tm 2.17-18).

2) A Revolta Final contra Deus (2Ts 2.13).

Apostatar-se é abandonar a fé em Deus; sair dos caminhos divinos.

Apostasia .

1 – Como considera Deus a apostasia?

“As tuas apostasias te repreenderão: …….vê que mau e quão amargo é deixares ao Senhor teu Deus, e não teres o Meu temor contigo, diz o Senhor Jeová dos Exércitos”. Jer. 2:19. “Se ele recuar, a Minha alma não tem prazer nele”. Hebreus 10:38.

2 – Qual tem sido sempre a tendência do povo de Deus?

“O Meu povo é inclinado a desviar-se de Mim”. Oséias 11:7.

3 – Que conduz inevitavelmente ao afastamento de Deus?

“Vede irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo”. Hebreus 12:1.

4 – Em que sentido se manifestava a constante apostasia do povo de Jerusalém?

“Por que pois se desvia este povo de Jerusalém com uma apostasia contínua? Retém o engano, não quer voltar. Eu escutei e ouvi: Não falam o que é reto, ninguém há que se arrependa da sua maldade, dizendo: Que fiz eu? Cada um se desvia na sua carreira, como um cavalo que arremete com ímpeto na batalha”. Jeremias 8:5 e 6.

5 – A que é comparada a apostasia?

“Deveras, como a mulher se aparta aleivosamente do seu companheiro, assim aleivosamente te houveste comigo, ó casa de Israel, diz o Senhor”. Jeremias 3:20.

6 – A fim de reaver o favor divino, que precisa fazer o apóstata?

“Somente reconhece a tua iniqüidade, que contra o Senhor teu Deus transgrediste, e estendeste os teus caminhos aos estranhos, debaixo de toda a árvore verde; e não deste ouvidos à Minha voz, diz o Senhor”. Jeremias 3:13.

7 – Sob Que condição promete Deus misericórdia aos pecadores?

“Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que Se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar”. Isaías 55:7.

8 – Por que precisam os ímpios abandonar seus pensamentos e caminhos?

“Porque os Meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os Meus caminhos, diz o Senhor”. Isaías 55:8.

Deus quer que pensemos os Seus pensamentos, que são retos, puros e eternos. Quer também que adotemos os Seus caminhos, que são agradáveis, e andemos em Suas veredas, que são veredas de paz.

9 – Que é especialmente necessário para evitar a apostasia?

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca”. S. Marcos 14:38.

10 – Que são os crentes exortados a fazer?

“Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; aprovai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo esta em vós. Se não é que já estais reprovados”. II Coríntios 13:5.

11 – Se temos a lei de Deus no coração, o que não nós acontecerá?

“A lei do seu Deus está em seu coração, os seus passos não resvalecerão”. Salmos 37:31.

12 – Qual é uma das características da apostasia?

“Desde os dias de vossos pais vos desviastes dos Meus estatutos, e não os guardastes; tornai vós para Mim, e Eu tornarei para vós, diz o Senhor dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que havemos de tornar?” Malaquias 3:7.

13 – Que ordenança negligenciada cita Deus?

“Roubará o homem a Deus? Todavia vós Me roubais, e dizeis: Em que Te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas”. Malaquias 3:8.

14 – Que remédio é indicado?

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e depois fazei prova de Mim, diz o Senhor dos Exércitos, se Eu vos abrir as janelas do Céu, e não derramar sobre vós uma benção tal, que dela vos advenha a maior abastança”. Malaquias 3:10.

15 – Devido aos claros ensinos de Cristo, que fizeram alguns de Seus discípulos?

“Desde então muitos dos Seus tornaram para trás, e já não andavam com Ele”. S> João 6:66.

16 – Arrependendo-os o apóstata, que faz Deus?

“Tomai convosco palavras, e convertei-vos ao Senhor; dizei-Lhe: Expulsa toda a iniqüidade, e recebe o bem, e daremos como bezerros os sacrifícios dos nossos lábios. …Eu sararei a sua perversão (apostasia), Eu voluntariamente os amarei; porque a Minha ira se apartou dele”. Oséias 14: 2-4.

17- Haverá perigo especial de apostasia nos últimos dias?

“E por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará”. S. Mateus 24:12.

18 – Quais são alguns dos males contra que somos especialmente advertidos neste tempo?

“E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia”. S. Lucas 21:34.

19 – Em vista dos perigos que nos envolvem, que somos instruídos a fazer?

“Vigiai pois em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem”. S. Lucas 21:36.

Continuamos à sua disposição para estudar qualquer tema Bíblico que você quiser!

Deus continue te abençoando em seus estudos Bíblicos!!!

Grande abraço!

  • Gorete disse:

    Muito produtivo, esclarecedor, obrigada.

  • Evelin disse:

    Paulo era um apóstata? li isso em algum lugar tenho dúvida

    • debora disse:

      Olá, Evelin!

      Não. Verifique a fonte onde você leu. Compare com o que a Bíblia diz. Paulo, antes, Saulo, perseguidor da igreja foi transformado em apóstolo dos gentios:

      “Estou falando a vocês, gentios. Visto que sou apóstolo para os gentios, exalto o meu ministério,” Romanos 11:13

      “Para isso fui designado pregador e apóstolo mestre da verdadeira fé aos gentios. Digo-lhes a verdade, não minto.” 1 Timóteo 2:7

      Paz!

  • Flávio Aurélio De Castro disse:

    Olá!
    Sobre o assunto discutido acima, tenho duvidas.
    Os afastados, os desviados, ou não batizados que deixaram a igreja deixarm a Cristo.
    Estes se genuinamente se arrependerem e após uma aliança com Deus, podem ser perdoados e restituídos e podem prosseguir sua vida com Cristo em comunhão.
    Ou de fato não existe perdão para isto, visto que houve pecado deliberado.
    Por favor queira dar retorno.
    Atenciosamente.
    Grato!

    • debora disse:

      Olá, Flávio!
      Sempre que houver arrependimento haverá perdão. Leia Lucas 15:11-31.

      Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar
      os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. 1 João 1:9

      Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, 1 Timóteo 2:5

      Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. 1 João 2:1

      Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia.
      Provérbios 28:13

      Deus te abençoe!

  • Lia disse:

    Não entendi ou prefiro não entender da minha maneira,acho que julguei errado,mas é isso mesmo?vc diz que para reparar meu erro o remédio seria dar dinheiro????

    Ahhhh?
    Que remédio é indicado?

    “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e depois fazei prova de Mim, diz o Senhor dos Exércitos, se Eu vos abrir as janelas do Céu, e não derramar sobre vós uma benção tal, que dela vos advenha a maior abastança”. Malaquias 3:10.

  • luciano de aguiar disse:

    Louvado e Glorificado seja o nome do Senhor, parabenizo-os por tão bela e linda palavra. Muito bem esplanada,muito bem explicada, sem deixar qual quer
    duvida. Parabéns a todos explicadores,que o Senhor continue abençoando a cada irmão,AMEM.

  • Lais Regina Barbosa disse:

    Maravilhosa Palvra, Jesus nos conta por diversas parabolas que existe chance aquele que se perdeu na caminhada cristã mas, o que eu não consigo entender é o versículo que se encontra na carta escritas ao Hebreus que diz que uma vez que alguém provou o dom celestial da salvação e se desvia, é impossível que se renove novamente para o arrependimento, gostaria muito de entender esta passagem! Obrigada.

    • Instrutor disse:

      Interessante a sua pergunta querida irmã e amiga, em Hebreus 6:4-6 lemos: “É impossível, pois, que aqueles que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro, e caíram, sim, é impossível outra vez renová-los para arrependimento, visto que, de novo, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus e expondo-o à ignomínia”.

      Estes versos, através dos séculos, têm deixado seus leitores angustiados e perplexos, por que a primeira vista parecem ensinar que não há esperança de arrependimento ou de aceitação divina para aqueles que aceitaram a Cristo e depois O rejeitaram.

      Para melhor compreensão do problema, Hebreus 6:4 deve ser estudado juntamente com as declarações que tratam do mesmo assunto em Hebreus 10: 26-31 e 12: 15-17; 25-29.

      Há várias interpretações sugeridas para solucionar os aparentes paradoxos desta passagem com as demais doutrinas escriturísticas, destacando-se entre estas as arminianas e as calvinistas, apresentadas por Russell Champlin em O Novo Testamento Interpretado, vol. 5, págs 537 e 538.

      Em uma coisa os comentaristas estão de acordo: há neste trecho referências ao pecado da apostasia.

      Declara o Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia: “Entre as várias opiniões que têm sido sugeridas, duas são dignas de consideração:

      “1o) Que a apostasia aqui referida é o ato de cometer o pecado imperdoável (Mateus 12:31-32), uma vez que esta é a única forma de apostasia que é sem esperança;

      “2o) Que a passagem corretamente compreendida não ensina a absoluta desesperança da apostasia aqui descrita, mas uma desesperança condicional (Hebreus 6:6). A maioria dos comentaristas aceita a primeira alternativa, embora a segunda tenha méritos e possa ser baseada no grego”.

      Como bem salientou Cotton: “nada pode existir nesta passagem que nos leve a duvidar da total misericórdia de Deus, pois do contrário, esta passagem destruiria o evangelho”.

      Deduzimos da leitura de Hebreus 6:4-6 e das outras passagens correlatas, que Paulo fala de pessoas que propositadamente rejeitaram a Cristo e os princípios do evangelho.

      As afirmações aqui consignadas pelo apóstolo trouxeram sérios problemas para a igreja cristã, especialmente durante as perseguições, quando alguns fraquejaram e posteriormente arrependidos de terem sido tíbios na fé quiseram voltar. E, infelizmente, muitas comunidades cristãs não queriam aceitá-los escudados em Hebreus 6:6.

      A seguinte verdade não pode ser esquecida: Cristo está sempre de braços abertos para receber o mais indigno pecador, que reconhece o erro e apela pelo perdão, como nos relata Mateus 18:22 e se comprova na triste experiência de Pedro. Em contrapartida, outra verdade escriturística deve ser lembrada: não há esperança para quem consciente e deliberadamente rejeita os ensinamentos de Cristo e o seu sacrifício vicário em nosso favor.

      Estaremos aguardando seu retorno, que Deus abençoe muito você, um grande abraço.

  • gostei disse:

    Deus comtinui abençando vocer amem

  • Tianate disse:

    muito bem explanado….muito coerente as perguntas com os textos biblicos..obrigada por me ajudar a entender este assunto melhor…

  • Nelice de O.C.Alves disse:

    este artigo e mto enterecante pois nos deixa mto claro alguns texto biblico gostei muito obrigado por disponibilizar deste material

Comente este artigo

Comente este artigo



Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações