Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d e f g h i j l m n o p q r s t u v x z

Por que há pais que não amam seus filhos?

Há uma certa distorção quando se refere a amor entre pais e filhos. Temos a impressão, às vezes, de que não somos amados por nossos pais. Mas antes de tudo devemos atentar para o fato de que nem sempre a expressão deste sentimento é o que esperamos ou desejamos. Cada ser humano tem sua maneira de se expressar e deve haver, antes da interpretação, o conhecimento sobre aquela pessoa, pois cada um se revela da maneira que sabe e sente-se mais a vontade.

Mesmo que sejamos rejeitados pelos nossos pais ou que eles não demonstrem o amor da forma como gostaríamos, a Bíblia nos afirma que Deus nunca irá nos abandonar nem nos rejeitar. Isaías 49:15 e 16 menciona: “Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim”. Deus tem um amor tão profundo por nós que Ele enviou o Seu filho para que morresse em nosso lugar, dando-nos a oportunidade de obtermos a vida eterna.

Em meio ao abandono ou desprezo, Deus nos convida a termos um encontro pessoal e diário com Ele, através da oração e da leitura da Bíblia. Desta forma, Deus lhe comunicará forças para superar os desafios e lhe dará a esperança da eternidade, quando não teremos mais os problemas que nos afligem hoje.

Lembre-se que antes de tudo, cada pessoa nasceu no coração de Deus, a despeito das circunstâncias do nascimento que teve. Você, por exemplo, nasceu por um propósito e o principal deles é a sua salvação.

“Mesmo que eu dissesse que as trevas me encobrirão, e que a luz se tornará noite ao meu redor, verei que nem as trevas são escuras para ti. A noite brilhará como o dia, pois para ti as trevas são luz. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir. Como são preciosos para mim os teus pensamentos, ó Deus! Como é grande a soma deles! Se eu os contasse seriam mais do que os grãos de areia. Se terminasse de contá-los, eu ainda estaria contigo” (Salmos 139:11-18).

Talvez nem todos tenham o nascimento celebrado, mas é certo que Deus e o céu inteiro celebram cada vida que vem ao mundo! Somos muito amados! Há um céu inteiro vibrando por nossa vida e felicidade eterna!

Equipe Biblia.com.br

Comente este artigo

Comente este artigo



Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações