Diretório de artigos

Pesquise por termo ou palavra chave

a b c d e f g h i j l m n o p q r s t u v x z

O que a Bíblia diz sobre o amor?

“Deus é amor” – essa pequena frase resume toda a Bíblia e a mensagem do cristianismo. Passaremos a eternidade tentando descobrir o que essas três palavras juntas representam. O amor faz parte da própria natureza e essência de Deus. Ele é a fonte do amor. Se Deus não existisse, não saberíamos o que é amar. Agora, isso não significa dizer que o amor é Deus. Alguém disse bem que “o amor não define Deus, mas Deus define o amor”. O fato de duas pessoas se amarem não significa, por exemplo, que seu amor seja santo, puro, assim como o amor divino. Precisamos entender que existem tipos e manifestações diferentes de amor (entre pais e filhos, entre irmãos, entre marido e mulher, etc.) e estes são lampejos do que de fato é o amor divino. Como um dos Seus atributos comunicáveis, o amor é um presente que Deus nos dá e Ele mesmo nos capacita a compartilhá-lo com outras pessoas.

Agora, como podemos receber esse amor divino? O apóstolo Paulo afirma que “o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo”. Romanos 5:5. O verso confirma que o amor é um dom de Deus, uma dádiva que Ele nos concede através da atuação do Espírito Santo em nosso coração. O texto de Gálatas 5:22, 23 confirma isso, ao dizer que o amor (aqui o termo grego é ágape, que significa “amor divino”) é fruto do Espírito Santo, ou seja, é resultado natural da atuação da maravilhosa Pessoa do Espírito Santo em nossa vida. Portanto, se quisermos amar ao nosso cônjuge, nossos amigos e até aos nossos inimigos (Mateus 5:44), precisamos de Deus em nosso coração, em nosso lar. Permita-nos apresentar outros versos e aplicações do amor na Bíblia:

1) Nada nos pode separar do amor de Deus. A Bíblia diz em Romanos 8:38-39: “Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

2) O amor de Deus é um amor de sacrifício. A Bíblia diz em João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

3) O amor de Deus dura para sempre. A Bíblia diz em Salmos 136:1: “Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.”

4) Como a Bíblia descreve o amor? A Bíblia diz em 1 Coríntios 13:4-7: “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

5) A Bíblia diz que devemos amar-nos uns aos outros. A Bíblia diz em 1 João 2:7-8: “Amados, não vos escrevo mandamento novo, mas um mandamento antigo, que tendes desde o princípio. Este mandamento antigo é a palavra que ouvistes. Contudo é um novo mandamento que vos escrevo, de vos ameis uns aos outros, o qual é verdadeiro nele e em vós; porque as trevas vão passando, e já brilha a verdadeira luz.”

6) O amor não é só para amigos. A Bíblia diz em Mateus 5:43, 44: “Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem.”

7) O amor é o resumo da lei de Deus. A Bíblia diz em Mateus 22:37-40: “Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.”

8) Podemos mostrar o nosso amor a Deus guardando os Seus mandamentos. A Bíblia diz em 1 João 5:3: “Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são penosos.”

9) Não deixe que o seu amor por Deus se enfraqueça. A Bíblia diz em Apocalipse 2:4-5: “Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, donde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; e se não, brevemente virei a ti, e removerei do seu lugar o teu candeeiro, se não te arrependeres.”

[Equipe Bíblia.com]

Comente este artigo

Comente este artigo



Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações