biblia.com.br

A mentira de Abraão

23 de novembro de 2016

Deus aprovou a mentira de Abraão quando disse que Sara era sua irmã (Gênesis 12:10)?

“Deus aprovou a mentira de Abraão quando disse que Sara era sua irmã (Gênesis 12:10)?”

Deus não muda. Se ele disse que mentira é pecado, então é pecado. Esta tendência de dar um jeitinho é proveniente de nossa fraqueza. Como poderia Deus aprovar uma criação satânica? Afinal, o diabo não é o pai da mentira? Veja o que um Comentário Bíblico diz:

“Durante sua permanência no Egito, Abraão deu prova de que não estava livre de fraqueza e imperfeição humana. Ocultando o fato de que Sara era sua esposa, evidenciou desconfiança no cuidado divino, falta daquela fé e coragem sublime tão freqüente e nobremente exemplificada em sua vida. Sara era “formosa à vista”, e ele não duvidou de que os egípcios de pele morena, cobiçariam a bela estrangeira, e que, a fim de consegui-la, não teriam escrúpulo de matar a seu marido. Raciocinou que não seria culpado de falsidade ao apresentar Sara como sua irmã; pois que era filha de seu pai, posto que não de sua mãe. Mas esta ocultação da verdadeira relação entre eles, era engano. Nenhum desvio da estrita integridade pode encontrar a aprovação de Deus. Devido à falta de fé por parte de Abraão, Sara foi posta em grande perigo. O rei do Egito, sendo informado de sua beleza, fez com que ela fosse levada ao seu palácio, tencionando fazer dela sua esposa. Mas o Senhor, em Sua grande misericórdia, protegeu a Sara, enviando juízos sobre a casa real. Por este meio o rei soube a verdade a tal respeito; e, indignado pelo engano praticado para com ele, reprovou Abraão, e restituiu-lhe a esposa, dizendo: “Que é isto que me fizeste? … Por que disseste: É minha irmã? De maneira que a houvera tomado por minha mulher; agora, pois, eis aqui tua mulher; toma-a e vai-te” (Gênesis 12:18 e 19).

O fato de Abraão ter sido o “Pai da Fé” não implica que ele nunca tenha pecado. As Escrituras falam que o único que não pecou foi Jesus. Você pode olhar em Hebreus 11 e vai ver que quase todos os heróis da fé relatados ali foram homens que tiveram seus pecados relatados na Bíblia. O que mostra que este não é um livro parcial, de ficção ou um conto. Conta a realidade do que enfrentam os filhos de Deus neste campo da grande controvérsia entre o bem e o mal.

Isto serve então como desculpa para seguirmos também pecando? Pelo contrário, é uma de advertência a nós de que, embora estejamos seguindo a Deus, devemos sempre vigiar, porque não estamos isentos de cair em tentação, a menos que mantenhamos nossa comunhão com Cristo.

Tudo posso nAquele que me fortalece! Busque nEle esta força!

Equipe Biblia.com.br

 

Espírito mentiroso da parte de Deus
Qual o significado de perdoar setenta vezes sete?