você está lendo...

Isaías – Capítulo 43

1 Mas agora assim diz o Senhor, aquele que o criou, ó Jacó, aquele que o formou, ó Israel: Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu.
2 Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas.
3 Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, o seu Salvador; dou o Egito como resgate para livrá-lo, a Etiópia[90] e Sebá em troca de você.
4 Visto que você é precioso e honrado à minha vista, e porque eu o amo, darei homens em seu lugar, e nações em troca de sua vida.
5 Não tenha medo, pois eu estou com você, do oriente trarei seus filhos e do ocidente ajuntarei você.
6 Direi ao norte: Entregue-os! e ao sul: Não os retenha. De longe tragam os meus filhos, e dos confins da terra as minhas filhas;
7 todo o que é chamado pelo meu nome, a quem criei para a minha glória, a quem formei e fiz.
8 Traga o povo que tem olhos, mas é cego, que tem ouvidos, mas é surdo.
9 Todas as nações se reúnem, e os povos se ajuntam. Qual deles predisse isto e anunciou as coisas passadas? Que eles façam entrar suas testemunhas, para provarem que estavam certos, para que outros ouçam e digam: “É verdade”.
10 “Vocês são minhas testemunhas”, declara o Senhor, “e meu servo, a quem escolhi, para que vocês saibam e creiam em mime entendam que eu sou Deus[91]. Antes de mim nenhum deus se formou, nem haverá algum depois de mim.
11 Eu, eu mesmo, sou o Senhor, e além de mim não há salvador algum.
12 Eu revelei, salvei e anunciei; eu, e não um deus estrangeiro entre vocês. Vocês são testemunhas de que eu sou Deus, declara o Senhor.
13 “Desde os dias mais antigos eu o sou. Não há quem possa livrar alguém de minha mão. Agindo eu, quem o pode desfazer?”
14 Assim diz o Senhor, o seu Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vocês mandarei inimigos contra a Babilônia e farei todos os babilônios[92]descerem como fugitivos nos navios de que se orgulhavam.
15 Eu sou o Senhor, o Santo de vocês, o Criador de Israel e o seu Rei.
16 Assim diz o Senhor, aquele que fez um caminho pelo mar, uma vereda pelas águas violentas,
17 que fez saírem juntos os carros e os cavalos, o exército e seus reforços, e eles jazem ali, para nunca mais se levantarem, exterminados, apagados como um pavio.
18 Esqueçam o que se foi; não vivam no passado.
19 Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo.
20 Os animais do campo me honrarão, os chacais e as corujas, porque fornecerei água no deserto e riachos no ermo, para dar de beber a meu povo, meu escolhido,
21 ao povo que formei para mim mesmo a fim de que proclamasse o meu louvor.
22 Contudo, você não me invocou, ó Jacó, embora você tenha ficado exausto por minha causa, ó Israel.
23 Não foi para mim que você trouxe ovelhas para holocaustos[93], nem foi a mim que você honrou com seus sacrifícios. Não o sobrecarreguei com ofertas de cereal, nem o deixei exausto com exigências de incenso.
24 Você não me comprou nenhuma cana aromática, nem me saciou com a gordura de seus sacrifícios. Mas você me sobrecarregou com seus pecados e me deixou exausto com suas ofensas.
25 Sou eu, eu mesmo, aquele que apaga suas transgressões, por amor de mim, e que não se lembra mais de seus pecados.
26 Relembre o passado para mim; vamos discutir a sua causa. Apresente o argumento para provar sua inocência.
27 Seu primeiro pai pecou; seus porta-vozes se rebelaram contra mim.
28 Por isso envergonharei os líderes do templo, e entregarei Jacó à destruição e Israel à zombaria.


Livros
Capitulos

Compartilhe