você está lendo...

Filipenses – Capítulo 1

1 Paulo e Timóteo, servos[1] de Cristo Jesus, a todos os santos em Cristo Jesus que estão em Filipos, com os bispos[2] e diáconos:
2 A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.
3 Agradeço a meu Deus toda vez que me lembro de vocês.
4 Em todas as minhas orações em favor de vocês, sempre oro com alegria
5 por causa da cooperação que vocês têm dado ao evangelho, desde o primeiro dia até agora.
6 Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.
7 É justo que eu assim me sinta a respeito de todos vocês, uma vez que os tenho em meu coração, pois, quer nas correntes que me prendem, quer defendendo e confirmando o evangelho, todos vocês participam comigo da graça de Deus.
8 Deus é minha testemunha de como tenho saudade de todos vocês, com a profunda afeição de Cristo Jesus.
9 Esta é a minha oração: Que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda a percepção,
10 para discernirem o que é melhor, a fim de serem puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo,
11 cheios do fruto da justiça, fruto que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
12 Quero que saibam, irmãos, que aquilo que me aconteceu tem, ao contrário, servido para o progresso do evangelho.
13 Como resultado, tornou-se evidente a toda a guarda do palácio[3] e a todos os demais que estou na prisão por causa de Cristo.
14 E os irmãos, em sua maioria, motivados no Senhor pela minha prisão, estão anunciando a palavra[4] com maior determinação e destemor.
15 É verdade que alguns pregam Cristo por inveja e rivalidade, mas outros o fazem de boa vontade.
16 Estes o fazem por amor, sabendo que aqui me encontro para a defesa do evangelho.
17 Aqueles pregam Cristo por ambição egoísta, sem sinceridade, pensando que me podem causar sofrimento enquanto estou preso. [5] 
18 Mas, que importa? O importante é que de qualquer forma, seja por motivos falsos ou verdadeiros, Cristo está sendo pregado, e por isso me alegro. De fato, continuarei a alegrar-me,
19 pois sei que o que me aconteceu resultará em minha libertação[6], graças às orações de vocês e ao auxílio do Espírito de Jesus Cristo.
20 Aguardo ansiosamente e espero que em nada serei envergonhado. Ao contrário, com toda a determinação de sempre, também agora Cristo será engrandecido em meu corpo, quer pela vida, quer pela morte;
21 porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro.
22 Caso continue vivendo no corpo[7], terei fruto do meu trabalho. E já não sei o que escolher!
23 Estou pressionado dos dois lados: desejo partir e estar com Cristo, o que é muito melhor;
24 contudo, é mais necessário, por causa de vocês, que eu permaneça no corpo.
25 Convencido disso, sei que vou permanecer e continuar com todos vocês, para o seu progresso e alegria na fé,
26 a fim de que, pela minha presença, outra vez a exultação de vocês em Cristo Jesus transborde por minha causa.
27 Não importa o que aconteça, exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo, para que assim, quer eu vá e os veja, quer apenas ouça a seu respeito em minha ausência, fique eu sabendo que vocês permanecem firmes num só espírito, lutando unânimes pela fé evangélica,
28 sem de forma alguma deixar-se intimidar por aqueles que se opõem a vocês. Para eles isso é sinal de destruição, mas para vocês, de salvação, e isso da parte de Deus;
29 pois a vocês foi dado o privilégio de não apenas crer em Cristo, mas também de sofrer por ele,
30 já que estão passando pelo mesmo combate que me viram enfrentar e agora ouvem que ainda enfrento.


Livros
Capitulos

Compartilhe