você está lendo...

Amós – Capítulo 7

1 Foi isto que o Senhor, o Soberano, me mostrou: ele estava preparando enxames de gafanhotos depois da colheita do rei, justo quando brotava a segunda safra.
2 Depois que eles devoraram todas as plantas dos campos, eu clamei: “Senhor Soberano, perdoa! Como Jacó poderá sobreviver? Ele é tão pequeno!”
3 Então o Senhor arrependeu-se e declarou: “Isso não acontecerá”.
4 O Soberano, o Senhor, mostrou-me também que, para o julgamento, estava chamando o fogo, o qual secou o grande abismo e devorou a terra.
5 Então eu clamei: “Soberano Senhor, eu te imploro que pares! Como Jacó poderá sobreviver? Ele é tão pequeno!”
6 Então o Senhor arrependeu-se e declarou: “Isso também não acontecerá”.
7 Ele me mostrou ainda isto: o Senhor, com um prumo na mão, estava junto a um muro construído no rigor do prumo.
8 E o Senhor me perguntou: “O que você está vendo, Amós?” “Um prumo”, respondi. Então disse o Senhor: “Veja! Estou pondo um prumo no meio de Israel, o meu povo; não vou poupá-lo mais.
9 “Os altares idólatras de Isaque serão destruídos, e os santuários de Israel ficarão em ruínas; com a espada me levantarei contra a dinastia de Jeroboão”.
10 Então o sacerdote de Betel, Amazias, enviou esta mensagem a Jeroboão, rei de Israel: Amós está tramando uma conspiração contra ti no centro de Israel. A nação não suportará as suas palavras.
11 está dizendo o seguinte: “Jeroboão morrerá à espada, e certamente Israel irá para o exílio, para longe da sua terra natal”.
12 Depois Amazias disse a Amós: Vá embora, vidente! Vá profetizar em Judá; vá ganhar lá o seu pão.
13 Não profetize mais em Betel, porque este é o santuário do rei e o templo do reino.
14 respondeu a Amazias: Eu não sou profeta nem pertenço a nenhum grupo de profetas[26], apenas cuido do gado e faço colheita de figos silvestres.
15 Mas o Senhor me tirou do serviço junto ao rebanho e me disse: “Vá, profetize a Israel, o meu povo”.
16 Agora ouça, então, a palavra do Senhor. Você diz: “Não profetize contra Israel, e pare de pregar contra a descendência de Isaque”.
17 “Mas, o Senhor lhe diz: “ “Sua mulher se tornará uma prostituta na cidade, e os seus filhos e as suas filhas morrerão à espada. Suas terras serão loteadas, e você mesmo morrerá numa terra pagã[27]. E Israel certamente irá para o exílio, para longe da sua terra natal””.


Livros
Capitulos

Compartilhe