você está lendo...

Provérbios – Capítulo 21

1 Para o SENHOR Deus, controlar a mente de um rei é tão fácil como dirigir a correnteza de um rio.
2 Se você pensa que tudo o que faz é certo, lembre que o SENHOR julga as suas intenções.
3 Faça o que é direito e justo, pois isso agrada mais a Deus do que lhe oferecer sacrifícios.
4 Os maus são dominados pelo orgulho e pela vaidade, e isso é pecado.
5 Quem planeja com cuidado tem fartura, mas o apressado acaba passando necessidade.
6 A riqueza que é ganha desonestamente acaba logo e é uma armadilha mortal.
7 Os maus são destruídos pela sua própria violência porque se negam a fazer o que é direito.
8 O culpado segue caminhos errados, mas o inocente faz o que é direito.
9 É melhor morar no fundo do quintal do que dentro de casa com uma mulher briguenta.
10 Os maus têm fome do mal; eles não têm pena de ninguém.
11 Quando o zombador é castigado, as pessoas sem experiência aprendem uma lição. Quando se ensina o sábio, o seu conhecimento é aumentado.
12 Deus, que é justo, observa os maus e os faz cair na desgraça.
13 Quem recusar ouvir o grito do pobre também gritará e não será ouvido.
14 Dê um presente em segredo a quem estiver zangado com você, e a raiva dele acabará.
15 Quando se faz justiça, os bons ficam felizes, porém os maus ficam apavorados.
16 Quem se afasta do bom senso está caminhando para a morte.
17 Quem ama os prazeres passará necessidade; quem ama o vinho e a boa comida nunca ficará rico.
18 As pessoas honestas ficam livres da angústia, e os maus sofrem em lugar dos bons.
19 É melhor morar no deserto do que com uma mulher que vive resmungando e se queixando.
20 O homem sensato tem o suficiente para viver na riqueza e na fartura, mas o insensato não, porque gasta tudo o que ganha.
21 Quem é bondoso e direito terá uma vida longa e será tratado com respeito e justiça.
22 Uma pessoa inteligente pode conquistar uma cidade defendida por homens fortes e destruir as muralhas em que eles confiavam.
23 Se você não quer se meter em dificuldades, tome cuidado com o que diz.
24 Chamamos de zombador o homem vaidoso que trata os outros com orgulho e desprezo.
25 O preguiçoso morre desejando muitas coisas porque se nega a trabalhar;
26 ele passa o dia inteiro pensando no que gostaria de ter. Mas a pessoa de caráter tem o que dar e dá com prazer.
27 Deus detesta os sacrifícios que os maus lhe oferecem, especialmente quando oferecem com más intenções.
28 A testemunha falsa será condenada à morte, mas a palavra da pessoa que costuma ouvir bem as coisas será aceita.
29 O homem direito tem confiança em si mesmo, porém o mau só finge que tem.
30 A sabedoria, a inteligência e o entendimento das pessoas não são nada na presença do SENHOR.
31 Os homens aprontam os cavalos para a batalha, mas quem dá a vitória é Deus, o SENHOR.


Livros
Capitulos

Compartilhe