você está lendo...

Gênesis – Capítulo 16

1 Sarai, a mulher de Abrão, não lhe tinha dado filhos. Ela possuía uma escrava egípcia, que se chamava Agar.
2 Um dia Sarai disse a Abrão: – Já que o SENHOR Deus não me deixa ter filhos, tenha relações com a minha escrava; talvez assim, por meio dela, eu possa ter filhos. Abrão concordou com o plano de Sarai,
3 e assim ela lhe deu Agar para ser sua concubina. Isso aconteceu quando já fazia dez anos que Abrão estava morando em Canaã.
4 Abrão teve relações com Agar, e ela ficou grávida. Quando descobriu que estava grávida, Agar começou a olhar com desprezo para Sarai, a sua dona.
5 Aí Sarai disse a Abrão: – Por sua culpa Agar está me desprezando. Eu mesma a entreguei nos seus braços; e, agora que sabe que está grávida, ela fica me tratando com desprezo. Que o SENHOR Deus julgue quem é culpado, se é você ou se sou eu!
6 Abrão respondeu: – Está bem. Agar é sua escrava, você manda nela. Faça com ela o que quiser. Aí Sarai começou a maltratá-la tanto, que ela fugiu.
7 Mas o Anjo do SENHOR a encontrou no deserto, perto de uma fonte que fica no caminho de Sur,
8 e perguntou: – Agar, escrava de Sarai, de onde você vem e para onde está indo? – Estou fugindo da minha dona – respondeu ela.
9 Então o Anjo do SENHOR deu a seguinte ordem: – Volte para a sua dona e seja obediente a ela em tudo.
10 E o Anjo do SENHOR disse também: “Eu farei com que o número dos seus descendentes seja grande; eles serão tantos, que ninguém poderá contá-los.
11 Você está grávida, e terá um filho, e porá nele o nome de Ismael, pois o SENHOR Deus ouviu o seu grito de aflição.
12 Esse filho será como um jumento selvagem; ele lutará contra todos, e todos lutarão contra ele. E ele viverá longe de todos os seus parentes.”
13 Então Agar deu ao SENHOR este nome: “O Deus que Vê.” Isso porque ele havia falado com ela, e ela havia perguntado a si mesma: “Será verdade que eu vi Aquele que Me Vê?”
14 É por isso que esse poço, que fica entre Cades e Berede, é chamado de “Poço Daquele que Vive e Me Vê”.
15 Agar deu um filho a Abrão, e ele pôs no menino o nome de Ismael.
16 Abrão tinha oitenta e seis anos quando Ismael nasceu.


Livros
Capitulos

Compartilhe