Desde o nascimento do sol até o seu ocaso, há de ser louvado o nome do Senhor. - SALMOS 113:3

Duas mulheres surpreendidas

Publicado em: 31/03/2013  |   0:00
Compartilhe:

jesus_ressuscitou[1]Maria Madalena e a outra Maria sabiam que tinham uma tarefa pela frente – o corpo de Jesus precisava ser preparado para o sepultamento. Pedro não se ofereceu para fazê-lo. André não se apresentou. A mulher adúltera que fora perdoada ou os leprosos curados não estavam por perto. Portanto, as duas mulheres decidiram tomar para si essa tarefa.

Imagino o que aconteceria se, a caminho do sepulcro, elas tivessem se sentado e reconsiderado. E se tivessem  se entreolhado e sacudido os ombros, pensando: “De que adianta?” E se tivessem desistido? E se, frustrada, uma delas tivesse erguido os braços e lamentado: “Estou cansada de ser a única que se importa. André que faça alguma coisa dessa vez. Vamos deixar tudo por conta de Natanael; que ele assuma a liderança”?

Se ambas foram tentadas ou não, não sei dizer. Só sei que estou contente por não terem desistido, o que teria sido trágico. Veja, sabemos algumas coisas que elas não sabiam. Sabemos, por exemplo, que o Pai as observava. As duas pensavam que estavam sozinhas, mas “não estavam. Pensavam que ninguém as estava vendo naquele lugar. Estavam enganadas. Deus via. Ele observava enquanto elas subiam aquela colina. Ele media os seus passos; sorria de felicidade pelo que via no coração daquelas mulheres e estava emocionado pela sua devoção. E Ele tinha uma surpresa esperando por elas…

Por que o anjo moveu a pedra? Por quem ele fez a pedra rolar montanha abaixo?

Por Jesus? Isto é o que sempre pensei. Entendia que o anjo retirara a pedra para que Jesus saísse. Mas, pense um pouco. Será que a pedra tinha mesmo de ser removida a fim de abrir o caminho para Jesus? Deus precisava de ajuda? Seria o Vencedor da morte tão fraco que não conseguia empurrar a pedra? (“Olá, alguém aí poderia afastar esta pedra para que eu possa sair?”)

Não acredito. O texto dá a impressão de que Jesus já havia saído quando a pedra foi tirada!

Ouça o que o anjo disse: “Vinde e vede o lugar onde o Senhor jazia” (v. 6).

A pedra foi removida não para que Jesus saísse – mas para que as mulheres pudessem olhar dentro!

“Ide, pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dos mortos. E eis que Ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali O vereis” (v. 7).

As mulheres não precisaram ouvir aquela instrução duas vezes; começaram logo a correr em direção a Jerusalém. A escuridão acabara, o sol raiara. O Filho não estava mais lá. No entanto, o Filho não havia terminado a Sua obra.

Outra surpresa as aguardava.

“E, indo elas, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: “Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés e O adoraram. Então, Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galiléia e lá me verão (versos 9 a 10).

O Deus das surpresas entrou novamente em ação. É como se Ele dissesse: “Não posso esperar mais. Elas vieram até aqui para ver-me; vou visita-las”.

Deus age assim com aqueles que são fiéis. Quando o ventre ficou velho demais para gerar uma criança, Sara engravidou. Quando o erro foi grande demais para a graça, Davi foi perdoado. E quando a estrada tornou-se demasiadamente escura para as mulheres, o anjo brilhou, o Salvador manifestou-Se, e ambas nunca mais foram as mesmas.

A lição? Duas palavras: não desista.

A estrada está escura? Não se sente.

A noite está negra? Não fuja.

Deus está observando. Você pode ter a certeza de que, neste momento, Ele está dizendo ao anjo que remova a pedra.

O cheque pode estar a caminho…

O pedido de desculpas pode estar sendo elaborado…

O contrato do emprego pode estar sobre a mesa.

Não desista. Pois se o fizer, poderá perder a resposta às suas orações.

Deus ainda envia anjos. E ainda remove pedras. (Extraído da obra Ele ainda remove pedras, de Max Lucado)

3 respostas para “Duas mulheres surpreendidas”

  1. edson leando disse:

    SEMPRE NOS ONHANDO O ALTISSIMO AGRADEÇEMOS AMEM

  2. jorge pinto de paiva disse:

    Uma coisa é certa: DEUS ESTÁ CONOSCO, em toda a parte, em todo o lugar, em toda a terra. Por isso ÊLE é ONIPRESENTE, ONISCIENTE E ONIPOTENTE. Não O TEMAS.

  3. abrahao menezes disse:

    muito interessante .

Leia a Biblia

Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações