que não difama com a sua língua, nem faz o mal ao seu próximo, nem contra ele aceita nenhuma afronta; - SALMOS 15:3

A punição na Bíblia

Publicado em: 05/02/2013  |   23:00
Compartilhe:

Como um cristão, eu, certamente, acredito em punição. A justiça bíblica exige que os indivíduos sejam tidos por responsáveis. Em toda a história do Israel antigo, transgredir a lei de Deus era convidar punição rápida, específica e certa. Quando uma lei era quebrada, o desequilíbrio resultante só podia ser corrigido quando o transgressor fosse punido e “pagasse” por seu erro.

Embora os sociólogos modernos tomem a ofensiva diante deste conceito elementar de retribuição, ele é essencial. Se justiça significa cobrar a dívida de alguém, então a justiça é negada quando a punição merecida não é recebida. E no final das contas, isto arruína o papel de alguém como um ser humano moral, responsável…

Neste sentido bíblico, a punição não é apenas justa, mas muitas vezes redentiva – para o ofensor, para a vítima, e para a sociedade como um todo. (Extraído da obra The God of Stones and Spiders, de Charles Colson)

E você? O que acha?

Os comentários estão desativados.

Leia a Biblia

Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações