O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos; cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. - SALMOS 45:6

A espera silenciosa

Publicado em: 04/12/2012  |   23:00
Compartilhe:

O Salmo 62:5 diz: “Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa, porque dEle vem a minha esperança”.

Espera silenciosa. Num mundo agitado como o nosso, aprendemos desde criança a correr e correr sem ter tempo para ficar a sós e muito menos para ficar a sós com Deus.

A comunhão com Cristo não consiste apenas em orar, estudar a Bíblia e testificar. É preciso “esperar silenciosamente em Deus”. Por que não ficar alguns minutos em silêncio, meditando no amor de Deus, na Sua grandeza e misericórdia e louvando Seu nome, sem palavras?

Na próxima vez que você separar tempo para comunhão com Deus (pode ser hoje) pratique a meditação. Enquanto permanecer na presença de Deus sentirá que o Espírito Santo começa a operar suavemente em seu coração. Ele lhe dará a certeza de estar na presença do Deus Todo-Poderoso, embora não esteja sentindo nada. Ele o encherá com uma sensação de paz, força e poder. O amor de Deus aquecerá seu coração afugentando a tristeza, o desânimo e as preocupações por alguma provação que possa ter diante de si.

Então, seu coração ficará cheio de louvor e alegria, e sentirá vontade de cantar e agradecer as bênçãos que seus olhos ainda não viram, mas que seu coração já tem a certeza de haver recebido. Nenhuma ordem bíblica se repete tão frequentemente na Bíblia como a de louvar o nome de Deus, mas não existe louvor sem meditação. É na meditação, no silêncio, que a alma se encontra com Deus e se deleita nas verdades eternas.

Com frequência fazemos da oração um discurso a Deus. Existe pouco diálogo. Alguém disse por aí que para cada coração que diz: “Fala, Senhor, que o teu servo ouve”, há dez dizendo, “Ouve, Senhor, que o teu servo fala”. Já percebeu que temos tantas coisas importantes que dizer a Deus, que raramente sobra tempo para tentar ouvir Sua voz?

Vivemos num mundo engarrafado pela comunicação. Todos querem ser ouvidos e poucas vezes se presta atenção ao que os outros estão dizendo. O fato de Deus ter-nos dado dois ouvidos e uma língua, não quererá dizer de alguma forma que devemos ouvir o dobro do que falamos?

Como é que posso ouvir a Deus? Devo sentir Sua voz em meio ao quarto? Provavelmente não. Mas, se depois de ler a Bíblia e orar, separamos tempo para meditar em silêncio, o Espírito Santo despertará convicções profundas em nosso coração. Ele despertará os nossos pensamentos, fará com que as verdades que passaram desapercebidas na leitura da Bíblia, adquiram, de repente, vida e significado para as circunstâncias que estamos enfrentando.

Ouvir interiormente é um dom dado por Deus a todos os Seus filhos e como todo dom, precisa ser desenvolvido e requer experiência. Precisamos começar hoje, falando, por exemplo: “Senhor, o que tens para me dizer hoje?” Então fique quieto, em silêncio. Ele sabe que nosso coração está receptivo. Com certeza você ficará maravilhado com as coisas que o Pai tem reservadas para você. (Alejandro Bullon)

 

OroPorVocê.ComDeixe o seu pedido de oração!

2 respostas para “A espera silenciosa”

  1. Marcos de Moraes disse:

    Glória a Deus por este artigo. O que foi relatado é a mais pura verdade, a maiorias da vezes quando oramos, é só para repassar uma lista de desejos, e muitas vezes nem refletimos se estes pedido estão de acordo com a Palavra. Precisamos ouvir, principalmente Deus.

  2. Arisneuda disse:

    Linda mensagem,Deus estara sempre em silencio ao meu redor.Amém!!

Leia a Biblia

Fale Conosco

Envie suas sugestões ou solicite informações