biblia.com.br

Por que Deus permite atentados?

Jesus.

16 de novembro de 2015

“Eu vi a morte várias vezes… É como se fosse uma corrida da morte… Pior que o barulho de bombas, explosões… é você ver 80 mil pessoas correndo, passando umas por cima das outras, após sair do estádio… É como se fosse uma corrida da morte… Quando eu caí, outra pessoa caiu em cima de mim… Pra quem tá lá dentro, cada segundo é muita coisa. Cada segundo você vive e morre. Você morre e vive, porque você pensa: Eu vou morrer, eu vou morrer, porque você vê a multidão correndo, barulho de bomba e você não sabe o que está acontecendo, e você pensa: já era. É horrível psicologicamente.”  Tiago Luna, 19 anos – sobrevivente a série de explosões próximo ao Estade de France em Paris, 13/11/15.José Lira, sobrevivente ao atentado em Paris quando jantava no restaurante Le Petit Cambodge.

Deus seja louvado pela atitude dos sobreviventes: viver para salvar.

Mas cremos que uma das razões pelas quais Ele voltará é para dizer olhando em seus olhos, o propósito por trás da dor e sofrimento causado pelas tragédias…

Vale lembrar que Jesus prometeu estar todos os dias com você (Mateus 28:20), comigo, com todos os brasileiros de Mariana, franceses, africanos, sírios enfim, com todo ser humano independente de nacionalidade ou religião, até que Ele volte para por um ponto final nessa história de dor, violência e morte.

Há uma esperança para todos os que choram, o consolo do Senhor!

¹ Parábolas de Jesus, pgs. 109-110
Os Dez Mandamentos da liberdade
Os dez mandamentos (livro)