biblia.com.br

Se apenas

Textos

5 de março de 2013

Davi, embora perdoado por Deus, pagou pelo resto da vida o preço de seu pecado contra Bate-Seba e seu marido. Deus falou que a criança que ela abrigava no ventre morreria – e foi o que aconteceu (II Samuel 12:10-14). Além disso, Davi não teve permissão de construir o templo, e sua família teve de viver pela espada daquele dia em diante. Em seu profundo arrependimento, Davi deve ter pensado muitas vezes: Oh! se apenas! Se apenas eu não tivesse feito isso! Mas maravilhosamente, enquanto estamos chorando “Se apenas!”, Deus está respondendo “Desde”. Ele responde aos nossos lamentos de “se apenas” com: “Ora, desde que você já foi perdoado, fica por minha conta restaurar o seu ministério”.

Davi, após arrepender-se profundamente, descobriu uma palavra muito importante – então. O Salmo 51 nos diz que ele se inclinou reconhecendo seu pecado, arrependeu-se profundamente dele, implorou a Deus que criasse um coração puro dentro dele, e pediu-lhe que restaurasse a alegria da salvação. “Então”, disse Davi, “ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores se converterão a ti” (Salmo 51:13). Ministério restaurado!

E, incrivelmente, Deus ainda usou a linguagem daquele pecador arrependido e restaurado para trazer o Messias, Jesus! O Novo Testamento principia com estas palavras: “Livro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão” (Mateus 1:1).

Entretanto, precisamos acrescentar que não há como saber as coisas gloriosas que Deus havia planejado para Davi se ele não tivesse pecado. C.S. Lewis, em seu romance Perelandra, assim o expressou: “Faça você o que fizer, Deus o transformará em bem. Mas não o bem que ele tinha preparado para você se você lhe obedecesse. Isso está perdido para sempre” (C.S. Lewis, Perelandra [Nova York: Mcmillan Co., 1958], p. 125.) Jamais saberemos o que a vida posterior de Davi teria sido sem seu horrível pecado.

Muitas pessoas já me disseram: “Deus jamais pode usar-me de novo por causa daquele terrível pecado que cometei”. Mas Deus não apenas perdoa quando existe genuíno arrependimento como também pode restaurar, até onde quiser, a condição e posição no Seu reino. Podemos ser purificados outra vez para o Seu santo ministério na medida do que Ele achar melhor. (Escrito por Evelyn Christenson)

Princípios - Respostas para o Fim
O ódio sobrecarrega