biblia.com.br

Ouse ao pedir

Textos

14 de outubro de 2012

Jabez não aparece em nenhum outro ponto da Bíblia, a não ser em dois versículos: “Jabez orou ao Deus de Israel: “Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a Tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores”. E Deus atendeu ao seu pedido” (I Crônicas 4:9 e 10). Entretanto, sua breve menção aqui deixou uma impressão duradoura. Ele orou ousadamente, e “Deus atendeu ao seu pedido”.

abez, cujo nome soava como o termo hebraico “dor”, fez quatro pedidos: a bênção de Deus (“abençoa-me”), a provisão de Deus (“aumenta as minhas terras”), a presença de Deus “(a Tua mão esteja comigo”) e a proteção de Deus (“guardando-me dos males”). Tudo isso é o que Deus deseja para nós. Mas Ele deseja que oremos e peçamos. Com frequência pensamos não merecer suas bênçãos ou ser egoístas por pedir. Algumas vezes buscamos coisas com as próprias forças e falhamos em reconhecer a bondade de Deus. Não queremos que pareça que estamos pedindo demais, como se Deus fosse limitado no que possui para dar.

Se você já teve pensamentos como esses, considere as palavras de Jesus: “… foi do agrado do Pai dar-lhes o Reino” (Lucas 12:32).

Você já orou com ousadia como Jabez? Se não, comece agradecendo a Deus pelo que Ele já lhe concedeu e então peça o que o seu coração deseja. Peça-lhe que o abençoe a fim de que possa servir aos propósitos dEle e abençoar outros.

Não se preocupe com a ideia de que ao pedir ousadamente estará pedindo demais. Deus não lhe dará algo que não seja bom para você ou antes que esteja pronto para recebe-lo. Ele responderá suas orações conforme a vontade e o tempo dEle. (Stormie Omartian)

“Deus, eu te agradeço por tudo o que me tens dado. Peço que me dês bênçãos, provisão e proteção. Obrigado porque Te agradas em compartir a Ti mesmo e o Teu reino comigo. Capacita-me a retribuir, ajudando e abençoando outras pessoas. Em nome de Jesus,amém!”

Quer que eu ore por você? Deixe seu pedido em minha agenda virtual de oração: OroPorVoce.Com

Você não é um grão de areia
Crianças ou pais perdidos?