biblia.com.br

Ansiedade – excesso de futuro

ansiedade

23 de maio de 2018

Alguns dizem que ansiedade é excesso de futuro, depressão é excesso de passado e estresse é excesso de presente.

Você concorda que a existência do Universo depende de leis finamente ajustadas, de parâmetros muito precisos sem os quais toda a realidade à sua volta se desintegraria?

Olhar para o céu estrelado leva sua mente à estranha conclusão de que, se existe um mecanismo, um relógio, tem que existir um relojoeiro?  Mas, se o Relojoeiro não existe; se não há algo ou alguém que tenha criado tudo e que administre tudo, acima de todos, que sentido teria sua vida?

Que esperança haveria para o próprio Universo? Se a Terra não fosse destruída por uma tempestade solar ou os humanos não acabassem por se extinguir em uma guerra insana, no fim das contas, ou o Universo entraria em colapso, sendo esmagado sobre si mesmo, ou se expandiria indefinidamente, consumindo toda a energia, sendo incapaz de manter qualquer ser vivo. Viver seria uma ilusão?

A maioria das pessoas evita pensar nisso justamente porque não quer viver de ilusão. Contudo, acabam fazendo justamente o que querem evitar: vivem de ilusões, de prazeres momentâneos, de conquistas passageiras, de sonhos artificiais inventados pela indústria do cinema, dos jogos, do entretenimento. (…)

Terapia divina

A ansiedade sobrevém por medo do futuro. Ninguém sabe o que acontecerá amanhã. Somente Deus conhece o futuro. Isso tem levado muitas pessoas a colocar sua fé e confiança no Todo-Poderoso que ama e protege aqueles que O aceitam. O tratamento divino tem três aspectos:

Individual – A pessoa precisa exercer influência sobre sua vida interior, refletindo sobre o fato de que a vida não se resume a nascer, viver e morrer. Essa reflexão abre espaço para uma perspectiva que vai além do aqui e agora. Ela inclui a compreensão do destino da família humana e, especialmente, do plano de Deus para a salvação eterna, como é explicado na Bíblia. Isso também ajuda a pessoa a adquirir uma perspectiva de longo prazo que lhe dá confiança na vitória do bem sobre o mal. Como medida de auxílio imediato, a terapia divina se utiliza da reflexão em versículos bíblicos claros e cheios de força, como, por exemplo: “Mil poderão cair ao seu lado, dez mil à sua direita, mas nada o atingirá” (Salmo 91:7).

Social – Não é somente pela adoração em comunidade e pelas palavras de outras pessoas que Deus pode intervir. Ele também faz isso pelo exemplo e pela atitude que essas pessoas demonstram. O Espírito Santo pode usar essas pessoas para fazer sua “terapia”. Finalmente, seria bom dizer que Deus também pode usar profissionais qualificados capazes de utilizar técnicas e estratégias que podem ser abençoadas por Deus para que surtam efeito.

Divino – O aspecto divino abrange o relacionamento pessoal entre o ser humano e Deus. Encontra seu maior apoio na oração. A oração, mais que a repetição de frases, consiste em falar com Deus como a um amigo e conselheiro; é falar dos temores, ansiedades, dúvidas e problemas, como também agradecer ao Criador as coisas boas da vida. A oração sincera tem ajudado muitos a crescer na fé, o que é incompatível com a ansiedade e a incerteza. Fé, na realidade, significa confiança em Deus. Quanto mais conhecemos Deus, por meio da oração e do estudo da Bíblia, mais desenvolvemos essa confiança e mais nossa fé se fortalece.

Ansiolíticos Bíblicos

“O próprio Senhor irá à sua frente e estará com você; Ele nunca o deixará, nunca o abandonará. Não tenha medo! Não desanime!” (Deuteronômio 31:8).

“Não fui Eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar” (Josué 1:9).

“Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o Teu consolo trouxe alívio à minha alma” (Salmo 94:19). “Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a Minha mão direita vitoriosa” (Isaías 41:10).

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus” (Filipenses 4:6).

“Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa? Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?” (Mateus 6:25, 26).

Quer estudar mais sobre esse assunto?

Baixe o livro completo O Poder da Esperança em PDF aqui.

Faça nosso curso on-line gratuito: Sentimentos e Emoções. Clique aqui para conhecer.

Infográfico Ansiedade

_______________

Fonte: O Poder da Esperança, pgs. 15, 16, 17, 18 e 21

 

Depressão - excesso de passado
Maria Madalena: quando o poder se aperfeiçoa na fraqueza