biblia.com.br

Alegria na tribulação?

Textos

17 de abril de 2013

– Sra. Chris, acho que encontrei uma tradução errada na Bíblia. Está lá no primeiro capítulo de Tiago, versículo 2. Não está errado quando diz “tende por motivo de toda a alegria o passardes por várias tribulações?”

Sorri ao telefone e respondi:

– Não, meu bem, não está errado. Esse é o lugar a que você chega quando, após anos e anos de provações e dificuldades, você vê que tudo tem estado a trabalhar para o seu bem, e que a vontade de Deus é perfeita. Você vê que Ele não cometeu nenhum erro. Ele sabia todos os “e se” de sua vida. Quando você finalmente reconhecesse isso, mesmo durante as tribulações, é possível ter alegria, alegria muito profunda.

Filipenses 4:6 entra em foco neste ponto: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas diante de Deus as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça”. É um privilégio ver Deus sendo glorificado em nossas vidas. Devemos dar graças sempre, sabendo que temos um Deus que jamais comete erros. E se quisermos ser eficazes na oração intercessora, orando dentro da vontade de Deus, isso não é algo que anexamos ao fim das nossas orações. É um compromisso com a vontade de Deus, um modo de vida. É desejar Sua vontade em todas as coisas pelas quais estamos orando e em nossas vidas pessoais. E é dar “sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (Efésios 5:20). É mais fácil falar do que fazer – mas as recompensas são fantásticas!

Ore: “Senhor, sei que minha atitude não é tão cheia de gratidão quanto deveria ser. Por favor, dá-me aquele espírito que se regozija em todas as coisas”. (Escrito por Evelyn Christenson)

Hoje é tudo o que temos
Remédio contra o preconceito